Tamanho do texto

Zagueiro não joga desde o dia 13 de agosto, quando o time foi eliminado da Copa do Brasil pelo América-RN

Na tarde desta terça-feira, o técnico Cristóvão Borges deu pistas sobre quem será o companheiro de Marlon na zaga do Fluminense para o duelo contra o Atlético-MG, nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Maracanã. Fabrício, que não joga pelo Fluminense desde o dia 13 de agosto, foi escalado ao lado de Marlon em treino tático para suprir a ausência do suspenso Elivelton.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Fabrício não atua com a camisa tricolor desde a eliminação da equipe pelo América-RN, por 5 a 2, no Maracanã, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Ele voltou apenas como reserva no empate com o Grêmio, no dia 24 de setembro. O zagueiro defendeu o time das Laranjeiras em somente quatro ocasiões, sendo uma delas um jogo amistoso. Nas partidas, o Fluminense sofreu 12 gols.

Leia mais: Em crise financeira, Flu atrasa salários e tem futuro preocupante

O outro postulante à vaga é o recém-chegado Guilherme Mattis, emprestado junto ao Bragantino na última sexta-feira e apresentado nesta segunda. Porém, no treino desta tarde, ele acabou preterido por Cristóvão para a equipe titular, que treinou com Cavalieri, Bruno, Marlon, Fabrício e Fernando; Edson, Rafinha, Cícero, Conca e Wagner; Fred. Na lateral esquerda, Fernando foi mantido. No lugar de Jean, suspenso, entrou Edson.

Veja também: Veto da Fifa a investidores pode trazer caos ao futebol brasileiro

O técnico interrompeu a atividade várias vezes para acertar o posicionamento da defesa e a marcação sob pressão dos homens de frente. Com a entrada de Edson no meio-de-campo, Rafinha fica livre para se aproximar de Conca, Cícero, Wagner e Fred.

Já a equipe reserva foi formada por Klever, Jean, Elivelton, Guilherme Mattis e Chiquinho; Valencia, Diguinho, Kenedy e Biro Biro; Sobis e Walter.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.