Tamanho do texto

Como Guerrero está com a seleção peruana, time terá de jogar com os dois garotos nas próximas duas partidas do Brasileirão

Mano Menezes, técnico do Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Mano Menezes, técnico do Corinthians

O técnico Mano Menezes tem usado com sucesso a fórmula de começar as partidas do Corinthians com Malcom ao lado de Guerrero, posteriormente substituindo o garoto por Luciano. Com o peruano em sua seleção, o treinador terá de rever a estratégia, usando simultaneamente o camisa 21 e o 18.

"Existem jogadores que entram bem e outros que não entram tão bem no decorrer do jogo. Procuro escolher um jogador que comprovadamente já mostrou que rende bem entrando. O Luciano é um desses jogadores", afirmou o técnico, explicando a opção que tem dado certo no segundo tempo.

"O Malcom tem até mais recursos técnicos. Ele foi formado na base, tem fundamentos mais bem trabalhados. Iniciou vários jogos, porque a gente necessitava dessa armação que ele consegue fazer. O Luciano entra mais na área, finaliza mais, fica mais adequado para um segundo momento, com o adversário desgastado", acrescentou.

De qualquer maneira, a produção dos dois jogadores vem agradando. Como o paraguaio Ángel Romero não tem aproveitado as oportunidades recebidas, Malcom e Luciano muito provavelmente formarão a dupla titular na noite de quarta-feira, contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte.

A confiança não muda o fato de que Guerrero fará muita falta. O peruano tem sido o melhor jogador do Corinthians e, convocado por sua equipe nacional, será desfalque contra Cruzeiro e Botafogo. Por acordo com o técnico da seleção, ele poderá voltar para enfrentar o Atlético-MG, pela Copa do Brasil.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.