Tamanho do texto

Diretoria do clube já enviou o pedido para a CBF para que a partida de volta contra o Botafogo seja na capital paulista

O Comitê Gestor do Santos já enviou à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) a solicitação para alterar o local do jogo de volta contra o Botafogo, pela Copa do Brasil. A intenção é transferir a partida que pode classificar o time à semifinal do Torneio da Vila Belmiro para o Pacaembu. Após vencer por 3 a 2, no Maracanã, na última quarta-feira, o segundo confronto está marcado para as 20h30 do dia 16, uma quinta-feira.

Jogadores do Santos comemoram gol na vitória sobre o Goiás pelo Brasileirão. Jogo foi no Pacaembu
Getty Images
Jogadores do Santos comemoram gol na vitória sobre o Goiás pelo Brasileirão. Jogo foi no Pacaembu

Não é segredo para ninguém o interesse da diretoria santista em levar o time para jogar para seu público de São Paulo sempre que possível. Em setembro, o time de Enderson Moreira, venceu o Vitória por 3 a 1 no estádio do Pacaembu e na última rodada bateu o Goiás por 2 a 0 no estádio municipal.

O problema é que os públicos decepcionaram e ajudaram a derrubar a tese de que o clube precisa jogar na Capital para ter uma renda lucrativa.

Contra o Vitória, o público razoável de 14 mil torcedores gerou um lucro de apenas R$ 18,9 mil, enquanto o duelo contra os goianos deram prejuízo ao clube de R$ 37 mil, pois só 9,6 mil pessoas foram ao estádio.

Entretanto, como a partida contra o Botafogo pode garantir o Peixe na semifinal da Copa do Brasil, manter viva a esperança de título ainda este ano, além de uma vaga na Libertadores da América, o Santos acredita que a torcida comparecerá em peso para apoiar o time de Robinho e companhia a conquistar a vaga, principalmente por causa da boa vantagem construída no primeiro jogo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.