Volante do São Paulo será julgado por dar a entender que a arbitragem foi decisiva para a derrota diante do Corinthians

Souza, volante do São Paulo
Site oficial
Souza, volante do São Paulo

O volante Souza comemorou nesta quinta-feira a convocação para a seleção brasileira, mas tem um outro compromisso importante na sexta, quando será julgado pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por causa das declarações que deu após a derrota do São Paulo no clássico contra o Corinthians.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Brasileirão

"Creio que o tribunal vai ser justo, não tenho histórico polêmico e não falei por maldade. Estava chateado, ninguém gosta de perder clássico, mas não tenho expulsão no Brasileiro e nunca tive problema com arbitragem, até acho aquele árbitro ótimo. Estou tranquilo", comentou.

O jogador do São Paulo manifestou sua reclamação contra Luiz Flávio de Oliveira depois da derrota por 3 a 2 no clássico em Itaquera. Na ocasião, Souza deu a seguinte declaração: "A gente estava com o placar a nosso favor, só que a gente esqueceu de contratar o árbitro, e eles contrataram e venceram."

Por conta disso, o meio-campista foi denunciado no artigo 58-B do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que corresponde a ofender a arbitragem, e prevê punição de multa de até R$ 100 mil e suspensão de uma a seis partidas.

Para se defender, Souza não participará do treino do São Paulo na manhã desta sexta-feira, pois viajará ao Rio de Janeiro, onde será o julgamento. Em caso de gancho, o volante ficará fora do confronto com o Grêmio, no sábado. Já se for absolvido, o são-paulino viajará direto para Porto Alegre.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.