Tamanho do texto

Segundo o departamento médico, o técnico tem seguido a recomendação de repouso e ainda não trabalhará no sábado

Afastado desde quinta-feira passada, em decorrência de arritmia cardíaca, Muricy Ramalho só deve voltar ao CT do São Paulo a partir da próxima semana. Entretanto, mesmo em repouso, o treinador tem procurado contribuir à distância, de casa.

Muricy Ramalho está afastado por tempo indeterminado
Getty Images/Alexandre Schneider
Muricy Ramalho está afastado por tempo indeterminado

Desde que recebeu alta hospitalar no domingo, dia seguinte à derrota para o Fluminense, ele tem entrado em contato diariamente com os demais membros da comissão, em especial com o coordenador técnico, Milton Cruz, que vem comandando o time de forma interina.

Na quarta-feira, Muricy telefonou para conversar a respeito da vitória sobre o Huachipato, pela Copa Sul-Americana, na qual Luis Fabiano foi expulso ainda no primeiro tempo. O cartão vermelho recebido por acertar o rosto de um jogador adversário, inclusive, rendeu multa ao atacante, que terá seus vencimentos deste mês descontados.

Apesar do "trabalho" à distância, o técnico não tem tido contato com o elenco. "É diretamente com o Milton, que tem que procurar fazer o trabalho dele até o Muricy voltar", disse o atacante Osvaldo, que foi escalado como titular na terça-feira - talvez, já por decisão do superior.

Segundo o departamento médico são-paulino, Muricy tem seguido a recomendação de repouso e ainda não trabalhará contra o Grêmio, em Porto Alegre, no sábado. Seu retorno é esperado para a quarta-feira que vem, dia em que o São Paulo recebe o Atlético-PR, no Morumbi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.