"Pelos esforços e a retaguarda que nos dão, o Palmeiras está preparado para uma situação muito próxima de crescimento", avaliou o treinador alviverde

Paulo Nobre não tem sido poupado de xingamentos pela torcida, a ponto de abrir mão de um discurso para todos os convidados presentes no primeiro teste após a reforma do Palestra Itália no sábado. Mas Dorival Júnior, embora já tenha vivido algumas rusgas com o presidente, elogia a diretoria que, até agora, só lhe trouxe um motivador e um preparador de goleiros na luta contra o rebaixamento.

Palmeiras está no Z4 do Brasileirão. Confira a classificação e os jogos

"Não estou discutindo o que aconteceu ao longo da temporada, contratações. Mas, pelos esforços e a retaguarda que nos dão, o Palmeiras está preparado para uma situação muito próxima de crescimento. A partir do ano que vem, vai buscar um salto de qualidade. O trabalho está sendo muito bem desenvolvido ali dentro para isso acontecer em algum momento", apostou o treinador.

É a declaração de apoio do técnico a um dirigente que já lhe causou problemas dizendo publicamente que vai "enxugar o elenco". A apreensão por dispensas atrapalhou em meio à busca de Dorival para ganhar a confiança de todos os jogadores. O técnico também ainda espera por reforços que só podem chegar até sexta-feira, último dia para inscrições no Brasileiro.

Mas a confiança em Nobre parece ser real. "Sinto um respaldo muito grande. Pena que os resultados não acompanham, e a torcida vive de resultado. Mas o trabalho de preparação tem sido muito bem desenvolvido e não tenho dúvidas de que esse salto de qualidade vai acontecer a partir do próximo ano", afirmou.Na prática e no presente, porém, apenas a chegada do preparador de goleiros Oscar Rodriguez, indicada por Dorival, parece útil. Uma semana após a contratação do motivador Lulinha Tavares, o técnico avisa que não basta mais conversar, mas vencer para escapar do rebaixamento.

"O que mais temos feito é conversar. É hora de diminuir um pouco as conversas. O Palmeiras precisa de uma naturalidade maior de resultados, apenas isso. Estamos preocupados e tentando fazer tudo, trabalhando certo. Mas os resultados têm que acontecer, senão tudo se apaga do dia para a noite. Precisamos essencialmente de resultados", simplificou, sem deixar de elogiar Nobre.

"Ouço críticas e mais críticas de tudo que acontece, mas o Palmeiras tem feito um trabalho elogiável. É que poucas pessoas conhecem o que se passa internamente no Palmeiras. Os esforços do presidente para que tudo aconteça favoravelmente impressiona, só vi isso em poucos lugares", enalteceu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.