Com os dois gols que fez contra o Botafogo, atacante chega a 101 e se torna o quarto maior artilheiro do clube pós Era Pelé

Robinho: volta aos dias de artilheiro no Santos
Miguel Schincariol/Getty Images
Robinho: volta aos dias de artilheiro no Santos

A terceira passagem de Robinho pelo Santos teve início no dia 10 de agosto, quando ele foi titular na derrota por 1 a 0 para o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro. Daquela partida até a vitória sobre o Botafogo nesta quarta-feira , no duelo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, o atacante entrou em campo 11 vezes e fez seis gols. Ritmo bem diferente do que vinha mostrando no Milan, clube que defendeu por quatro anos antes de retornar à Vila Belmiro.

Entre Campeonato Italiano, Copa da Itália e Liga dos Campeões, Robinho entrou em campo 32 vezes pelo Milan na última temporada e balançou as redes em apenas cinco oportunidades. O desempenho representa uma média de aproximadamente 0,16 gol por partida. Índice bem inferior ao de 0,55 por confronto que apresenta neste ano com a camisa do Santos.

O reencontro com a boa fase permitiu a Robinho subir na lista de artilheiros do clube paulista. Com os dois gols que marcou diante do Botafogo, ele chegou a 101 e se igualou a Juary, atacante que brilhou no Santos no final dos anos 1970. Ambos dividem a quarta posição no ranking pós Era Pelé. À frente deles estão João Paulo e Serginho Chulapa, empatados com 103, e Neymar, autor de 138.

Na estatística geral, contabilizando Pelé e a impressionante marca de 1091 gols, Robinho e Juary aparecem em 22º lugar.

"Estou feliz (por atingir 100 gols com a camisa do Santos), mas estou mais preocupado com a vitória do clube. No primeiro tempo fomos bem. Se tivermos a oportunidade de matar (o confronto) hoje (nesta quarta), temos de fazer", disse Robinho no intervalo do duelo contra o Botafogo.

A vitória por 3 a 2 deixa o Santos em vantagem na definição do duelo. Mas no segundo encontro entre as equipes, que acontecerá na Vila Belmiro, Robinho será desfalque porque acabou sendo expulso no Maracanã nesta quarta, aos 39 minutos do segundo tempo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.