Na confusão, alguns dos envolvidos invadiram a sala de cirurgia onde um homem era operado no hospital do Ouro Verde

Uma briga generalizada entre torcedores da Ponte Preta e Guarani deixou marcas na cidade de Campinas. De acordo com o boletim de ocorrência registrado, um ônibus e um pronto-socorro na cidade foram depredados na noite de terça-feira, e nesta quarta ainda era possível ver o estrago.

A briga teria acontecido após integrantes de uma torcida organizada do Guarani se encontrarem com um ônibus cheio de torcedores da Ponte Preta, que se deslocava após o jogo contra o Paraná pela Série B , no estádio Moisés Lucarelli. O grupo teria parado a condução e a briga começou, inicialmente com o ônibus atingido por pedras.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Série B do Brasileiro

Hospital depredado por torcedores da Ponte Preta
Wagner Souza/Futura Press
Hospital depredado por torcedores da Ponte Preta

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, os torcedores da Ponte se seguiram para o pronto socorro do Ouro Verde, uma vez que um torcedor estava ferido. Já no hospital, a torcida do Guarani se encontrou novamente com os rivais e a briga recomeçou. Além de quebrar vidros e invadir o local, torcedores teriam entrado no centro cirúrgico, onde outro paciente estava sendo operado, para se esconder.

A confusão terminou com a chegada da Polícia Militar. Entretanto, como não houve flagrante, nenhum torcedor foi preso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.