Em queda no Brasileirão, time de Mano Menezes inicia briga por vaga na semifinal da Copa do Brasil diante de rival em alta

Corinthians vem de derrota para o Atlético-PR e caiu para o sétimo lugar no Brasileirão
Heuler Andrey/Getty Images
Corinthians vem de derrota para o Atlético-PR e caiu para o sétimo lugar no Brasileirão

O Corinthians terá de superar o seu mau momento e a boa fase vivida pelo Atlético-MG para começar bem as quartas de final da Copa do Brasil. A esperança do questionado técnico Mano Menezes é que a força demonstrada até aqui por seus atletas no que chama de "jogos grandes" volte a aparecer a partir das 22h (de Brasília), em Itaquera.

A formação do Parque São Jorge, que vem de derrotas para Figueirense e Atlético-PR, tem apresentado dificuldades diante de equipes consideradas menores. Nos clássicos e embates com times grandes, o aproveitamento é bem melhor.

"O momento não é bom, mas o grupo está fechado. A gente deu uma boa resposta no clássico", disse o capitão Ralf, referindo-se ao último "jogo grande" do Corinthians, a vitória por 3 a 2 sobre o rival São Paulo. Ele, outros atletas e o presidente Mário Gobbi saíram em defesa do chefe e querem lhe dar uma força com um bom resultado.

Em queda livre no Campeonato Brasileiro, o time paulistano tem na Copa do Brasil sua única esperança de título na temporada. Como ficar fora da Libertadores outra vez seria o que Renato Augusto chamou de "catástrofe", o troféu do mata-mata pode ser o caminho.

Mano tem todos os seus jogadores à disposição e deverá escalar formação parecida com a que perdeu no domingo, com Ralf no lugar de Bruno Henrique. Do outro lado, o técnico Levir Culpi, que convivia com muitos problemas físicos, vai ganhando opções na montagem do Atlético-MG.

Atlético-MG vem embalado no Brasileirão e subiu para o quarto lugar
DENIS DIAS/Gazeta Press
Atlético-MG vem embalado no Brasileirão e subiu para o quarto lugar

Dátolo, Luan, Jô e Marion foram liberados pelo departamento médico. São novas alternativas em um time que vem demonstrando força mesmo com desfalques. A equipe vem de quatro vitórias consecutivas no Brasileiro e espera carregar o embalo para a Copa do Brasil.

"É outra competição. A cobrança é igual ou maior para que a gente se classifique. Temos condição de fazer uma grande partida contra o Corinthians e avançar. Não acho que seja momento de tirar proveito da fase do Corinthians, mas de tomar cuidado. Eles estão sendo cobrados e vão vir para cima para se reerguer", comentou Guilherme.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS X ATLÉTICO-MG

Local: estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 1º de outubro de 2015, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ)
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Rodrigo F. Henrique Correa (RJ)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos; Ralf, Elias, Petros e Bruno Henrique; Malcom e Guerrero
Técnico: Mano Menezes

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Jemerson, Leonardo Silva e Douglas Santos; Josué, Leandro Donizete, Dátolo e Guilherme; Tardelli e Carlos
Técnico: Levir Culpi

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.