Time paulista tem apenas 20 pontos na Série B e já está sete atrás do primeiro time fora da zona de rebaixamento, o Oeste

Vagner Benazzi assumiu a Portuguesa para uma missão quase impossível de tirar a equipe do rebaixamento à Série C, ainda não perdeu em seus três primeiros jogos, mas também não passou de três empates. O primeiro triunfo pode vir neste sábado, às 21 horas (de Brasília), contra o Atlético-GO , no estádio Serra Dourada, justamente no palco da última vitória rubro-verde na Série B do Campeonato Brasileiro .

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia da Série B do Campeonato Brasileiro

Ainda sob o comando de Silas, a Portuguesa fez um duelo de lanternas com o Vila Nova na ocasião e saiu com a vitória graças à boa atuação de seu melhor jogador na competição. Em dois contra-ataques velozes, o meia Gabriel Xavier balançou as redes do Vila Nova, freou a empolgação de um adversário que ameaçada embalar na Série B, e selou o triunfo por 2 a 1 em terras goianas.

"O nosso próximo adversário (Atlético-GO) vem de duas derrotas. Temos de fazer um bom jogo mesmo fora de casa e o estádio do Serra Dourada permite isso. Quando a primeira vitória vier, vai ser muito comemorada e acho que tudo vai melhorar", projetou o técnico da Portuguesa, que conseguiu dar mais consistência ao time na defesa, mas ainda sofre com a falta de qualidade ofensiva.Com 20 pontos somados, a equipe do Canindé ocupa a 17ª colocação e não consegue sair da zona de rebaixamento mesmo com uma vitória no fechamento da 26ª rodada. Ainda assim, a Lusa precisa do triunfo de qualquer maneira, para não ver o projeto de reagir na Série B para conseguir se manter nesta divisão perder força também com Vágner Benazzi, o quinto treinador nesta temporada.

O Atlético-GO, por sua vez, ainda não se afastou da briga contra o rebaixamento, soma 32 pontos, e precisa de uma sequência positiva para começar a almejar coisas melhores na competição. Neste cenário, o jogo contra a Portuguesa, em casa, parece ser o momento perfeito para o Dragão conseguir um resultado positivo e passar a ter mais tranquilidade na sequência.

"Antes de tudo pretendemos nos livrar desse risco de descenso. A gente tem que ter cautela com esses jogos. Nós sabemos como é a cobrança sobre as equipes que estão em posições menos favoráveis e isso torna esses jogos mais perigosos", explicou o volante Luciano Sorriso, que, apesar da distância para os líderes, ainda sonha em lutar pelo acesso à elite do futebol brasileiro.

FICHA TÉCNICA  -  ATLÉTICO-GO X PORTUGUESA

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 27 de setembro de 2014, sábado
Horário: 21 horas (Brasília)
Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho (CE)
Assistentes: Marcos da Silva Brigido e Arnaldo Rodrigues de Souza (Ambos do CE)

ATLÉTICO-GO: Márcio, Jonas, Artur, Lino e Thiago Feltri; Marcus Winícius, Pedro Bambu, Luciano Sorriso e Jorginho; Josimar e André Luís
Técnico: Wagner Lopes

PORTUGUESA: Rafael Santos; Arnaldo, Brinner, Castan e Jena Mota; Piñatares, Jocinei, Maycon e Gabriel Xavier; Serginho e Alemão
Técnico: Vágner Benazzi

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.