Quatro chapas concorrem ao posto atualmente ocupado por Maurício Assumpção: Thiago Cesário Alvim, Carlos Eduardo Pereira, Vinícius Assumpção e Marcelo Guimarães

Muito trabalho pela frente. É isso que terá o futuro presidente do Botafogo . São quatro os postulantes a substituir Maurício Assumpção no comando do clube de regatas. Ao todo, o mandato durará de 2015 a 2017. Na tarde desta sexta-feira, às 17 horas, foram encerradas as inscrições para o cargo. Os candidatos são: Thiago Cesário Alvim, Carlos Eduardo Pereira, Vinícius Assumpção e Marcelo Guimarães.

Essa será a segunda vez que Carlos Eduardo Pereira concorre à presidência do Alvinegro. Em 2011, foi derrotado pelo próprio Maurício Assumpção. Sua chapa é a Ouro, e conta com a presença de ex-jogadores como Paulo César Caju e Amarildo.

Após veto da CBF, Botafogo trabalha para ter Jobson em campo no domingo

Concorrendo com a chapa Grande Salto, Marcelo Guimarães é ex-diretor de marketing do Botafogo e terá como vice Edson Santana, presidente na época das conquistas do Campeonato Brasileiro e da Copa Conmebol. Já o canditado do Movimento Carlito Rocha, Vinícius Assumpção tem como vice Luiz Cláudio Fetterman.

Por fim, a chapa Por Amor ao Botafogo é encabeçada por Thiago Cesário Amorim, vice-diretor de comunicação do clube durante mais de cinco anos e tem como vice Durcésio Mello. O nome do ex-presidente Bebeto de Freitas aparece entre os 140 candidatos ao Conselho Deliberativo.

No entanto, as candidaturas ainda têm chances de ser canceladas. Isso porque existe a possibilidade de haver sócios inadimplentes dentro das chapas, fato que será analisado pela Junta Eleitoral do Botafogo nos próximos dias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.