Tamanho do texto

Contra o Vitória nesta quinta-feira, comandados de Dorival Júnior podem iniciar sequência positiva contra adversários que também brigam contra o rebaixamento. Se embalar, time pode sair da última posição para a 11ª em quatro rodadas

Lanterna do Campeonato Brasileiro e com 58% de risco de cair para a Série B, segundo o site InfoBola , o Palmeiras pode ter nesta quinta-feira, no duelo contra o Vitória, a melhor oportunidade para iniciar a reação e se afastar das últimas colocações da tabela. Isso porque o adversário é o primeiro numa sequência de confrontos direitos que o time terá nas próximas quatro rodadas.

Valdivia deve ser titular contra o Vitória, nesta quinta-feira
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Valdivia deve ser titular contra o Vitória, nesta quinta-feira

Confira a tabela completa do Campeonato Brasileiro

Como a briga está embolada também na parte inferior do Brasileirão, o Vitória, mesmo fora da zona da degola (14ª posição), ainda tem 46% de chances de cair para a segunda divisão. Figueirense, Chapecoense e Botafogo completam os próximos confrontos.

Se o time de Dorival Júnior vencer no Pacaembu vai aos 25 pontos e pode chegar à 16ª colocação na rodada com a ajuda dos rivais. Para isso acontecer, Botafogo precisa perder para o Goiás, porque a Chapecoense venceu o Atlético-PR por 3 a 0, Bahia derrotou o Sport por 1 a 0, e o Figueirense bateu o Corinthians por 1 a 0 em casa. 

Considerando essas combinações, o Palmeiras ainda pode alavancar mais uma posição na 25ª rodada e pular para a 13ª se vencer o Figueirense. Para tanto, ao menos o Vitória perder (contra o Atlético-MG), e Chapecoense e Criciúma empatarem na Arena Condá na rodada,  e o Atlético-PR perder para o Corinthians e o Bahia empatar ou perder para o Flamengo. Ainda nos próximos dois duelos, na pior da hipótese, se os concorrentes diretos vencerem e o Palmeiras fizer a lição de casa consegue manter a posição ou até alcançar a 11ª posição - se os demais tropeçarem.

Para que toda a matemática seja concretizada, o Palmeiras pode ter o retorno de Valdivia, após o meia cumprir suspensão. O chileno deve ser titular ao lado de Pablo Mouche, Cristaldo e Henrique, com a equipe escalada no esquema 4-2-3-1 com: Deola; João Pedro, Lúcio, Nathan, Victor Luis; Renato, Juninho; Mouche, Valdivia, Cristaldo; e Henrique.

Ao todo serão 13 desfalques para o jogo. Fernando Prass, Victorino, Tobio, Thiago Martins, Wellington, Marcelo Oliveira, Mateus Muller, Eguren e Wesley continuam machucados e não jogam. Allione e Diogo, ambos suspensos, também estão fora.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.