"Já foi definido o contrato com o Palmeiras e a situação já está bem adiantada, talvez finalizada", disse o treinador

Após o treino desta quarta-feira, Dorival Júnior trocou passes com a bola no ar com Wesley, sorrindo e mostrando total confiança de que poderá contar com o volante em breve. Paulo Nobre relata que o Palmeiras cedeu em todos os pedidos de Wesley para renovar seu contrato e ouviu do jogador que ainda não há acerto com nenhum outro clube, mas ainda desconfia. Diferentemente do técnico.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"Acredito no ser humano e a colocação do Wesley é que não tem nada acertado, que já foi definido o contrato com o Palmeiras e a situação já está bem adiantada, talvez finalizada. Estou apenas aguardando que aconteça o acerto de uma vez por todas. Queremos uma solução o mais rápido possível porque é um jogador muito importante para a sequência do Palmeiras", falou o treinador.

Leia mais: Palmeiras acumula contratações equivocadas e deve desmanchar time

No Verdão, há quem dê como certeza a ida do jogador para o São Paulo de graça ao final do seu vínculo, em fevereiro. A impressão aumentou porque o camisa 11 relatou dores musculares exatamente quando passou a ficar livre para assinar pré-contrato com qualquer clube. Por isso, Nobre fez questão de procurá-lo para ouvir sua versão.

Veja também: Nobre confirma dispensas e multa a Valdivia: "Time está mal porque errei"

"O Wesley afirma textualmente que não assinou contrato com ninguém. A verdade um dia vai se revelar", disse o presidente à rádio Bandeirantes . "O Palmeiras está tentando reformar o contrato dele e é o Mauricio (Galiotte, vice-presidente) que está tocando essa reunião. Na última vez que falei com ele, tinham chegado um acordo e o contrato está pronto, esperando o Wesley assinar", prosseguiu.Os empresários do jogador se negam a falar publicamente das tratativas, mas vão deixar o Palmeiras esperando. O estilo de negociação que Nobre julga austero é considerado vagaroso demais por representantes dos jogadores e os agentes de Wesley não gostaram da forma como as conversas se arrastaram. Agora, não têm pressa.

Enquanto isso, resta a Dorival acreditar que poderá contar com o volante que teve a melhor fase sob seu comando, no Santos, em 2010. "É um jogador que já foi importante para mim e tenho certeza de que também será dentro do Palmeiras. Só espero que, primeiro, esteja totalmente recuperado. Será aproveitado quando tiver condições de ajudar o Palmeiras", discursou o técnico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.