Atacante servirá a seleção brasileira e perderá jogos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil

Enderson Moreira comanda treino do Santos no CT Rei Pelé
Ricardo Saibun/ Gazeta Press
Enderson Moreira comanda treino do Santos no CT Rei Pelé

A cada partida de Robinho pelo Santos o craque mostra todo seu talento e compensa o esforço, inclusive financeiro, feito pelo clube para repatria-lo pela segunda vez. Após mais uma bela atuação, com direito a novo golaço na Vila Belmiro na vitória por 3 a 1 sobre o Figueirense, no último domingo, o técnico Enderson Moreira expôs toda sua insatisfação por ter de perder seu principal jogador para a seleção brasileira mais uma vez.

"A gente só lamenta. Dizem que o futebol precisa melhorar e a gente discute isso. Entendo a questão da CBF, do calendário, mas a gente não pode perder atletas para a seleção em data FIFA, só no Brasil", esbravejou o treinador, lembrando que nos outros países os campeonatos nacionais param enquanto as seleções disputam seus amistosos.

Com a segunda convocação de Robinho feita por Dunga desde que o atacante chegou ao Santos, o time deve perder seu camisa 7 contra o Criciúma, dia 12 de outubro, em Santa Catarina, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas a ausência mais sentida será contra o Botafogo, na partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil, marcada para o dia 16, na Vila Belmiro. Entretanto, Enderson admite que o alvinegro praiano trabalha com a ideia de aproveitar Robinho na partida. O Brasil enfrentará a Argentina dia 11, em Pequim, na China, e o Japão dia 14, em Cingapura.

"A gente tenta amenizar. O Zinho (gerente de futebol), o Dimas (Sérgio, supervisor de futebol), o André (Zanotta, superintendente de esportes) estão atentos a isso, de poder proporcionar isso da melhor maneira possível. Se ele puder voltar, se tiver tudo encaixado e a pré-disposição dele, isso vai ser importante. Vamos providenciar detalhes para ele estar presente", avisou Enderson. Vale destacar que o primeiro duelo contra o Botafogo será dia 1º de outubro, no Maracanã.

Na época da convocação, Dunga minimizou a irritação dos clubes que se sentiram prejudicados por causa da seleção brasileira.

"Entendemos a situação dos clubes brasileiros, mas nos preocupamos com a seleção, que tem uma Copa América pela frente. Precisamos montar uma seleção forte, e esses jogadores farão isso. Quem não quiser que os jogadores sejam convocados, mande uma carta para a CBF, pedindo que os jogadores não sejam mais chamados. Vamos atender, mas não acredito que nenhum clube vá fazer isso. Alguns clubes me colocaram que a situação era difícil, mas entendem o sonho dos jogadores", discursou o técnico da seleção na ocasião.

Também é importante destacar que Enderson Moreira não terá Alison, convocado por Alexandre Gallo para amistosos da seleção olímpica, provavelmente contra Bahia, na Vila Belmiro, dia 9, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, e Criciúma, fora de casa, dia 12, na rodada seguinte. Mena, caso se recupere de lesão na coxa direita, também deve ser chamado para defender a seleção chilena.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.