Josimar estava emprestado pelo Internacional ao Palmeiras até dezembro e, agora, deve terminar o ano na Ponte Preta, que briga para subir para a Série A do Brasileiro

Um dos titulares do Palmeiras na derrota por 6 a 0 para o Goiás já foi embora. Criticado ao longo de toda a sua passagem pelo clube do Palestra Itália, iniciada em janeiro, Josimar esvaziou vai assinar com a Ponte Preta , clube que defendeu em 2010 e 2011.

O volante estava emprestado pelo Internacional ao Palmeiras até dezembro e, agora, deve terminar o ano na Ponte, que briga para subir para a Série A do Brasileiro.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Uma das alegações para deixar o clube foi a tentativa de agressão ao elenco no hotel da delegação em Goiânia, no domingo, horas após a pior derrota do time na história do Campeonato Brasileiro.

Josimar veste a camisa do Palmeiras em sua apresentação: críticas constantes
Daniel Vorley/ Agif/Gazeta Press
Josimar veste a camisa do Palmeiras em sua apresentação: críticas constantes

Críticas constantes

Aos 28 anos, Josimar sempre teve problemas no Verdão. Foi um dos pedidos de Gilson Kleina para disputar a Série B em 2013, mas sua pedida salarial foi tão alta que o então recém-empossado presidente Paulo Nobre esclareceu a negociação em nota oficial. Em janeiro, porém, se adequou às condições financeiras do clube, masse mostrou uma aposta errada.

Josimar teve diversos problemas físicos e, quando entrou em campo, cometeu tantos erros que foi responsável por um dos primeiros gritos de "burro" para o treinador argentino Ricardo Gareca. No Pacaembu, a torcida sempre aplaudiu suas saídas. Só foi titular no domingo, contra o Goiás, por falta de opções de Dorival Júnior.

Na Ponte Preta, por sua vez, Josimar deixou boas lembranças. Foi titular do elenco que, sob o comando de Gilson Kleina, garantiu o acesso da equipe para a primeira divisão nacional em 2011.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.