Zagueiro teve problema de saúde identificado ao fazer exames médicos no Atlético-PR, para onde seria transferido

Peça-chave no elenco da Ponte Preta vice-campeão da última Copa Sul-americana, o zagueiro Diego Sacoman passa pelo momento mais complicado de sua trajetória no futebol. Durante exames médicos realizados no Atlético-PR , o defensor foi diagnosticado com uma hipertrofia no coração e acabou imediatamente devolvido para a equipe campineira. O problema pode fazer com que sua carreira seja interrompida, aos 27 anos de idade.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia da Série B do Campeonato Brasileiro

Em Campinas, Sacoman passou por uma série de avaliações e ficou aos cuidados do médico Roberto Nishimura. "Fazemos exames cardíacos regulares na Ponte Preta. Porém, nada havia sido constatado. No entanto, trata-se de algo agudo e assintomático. No momento, é preciso que o jogador não faça nenhuma atividade esportiva. Ele passará por um período de repouso e tratamento que vai durar três meses. Ao final, uma nova avaliação será realizada", explicou o médico, em entrevista ao site oficial do clube.

Diego Sacoman, zagueiro da Ponte Preta
Site oficial
Diego Sacoman, zagueiro da Ponte Preta

Ciente da seriedade do problema, o zagueiro acredita na recuperação e na retomada de sua carreira. "Quero agradecer a todas as pessoas que estão torcendo e orando pela minha saúde. Estou confiante de que tudo dará certo e que poderei voltar a jogar bola", sintetizou o jogador, que vai passar parte do tratamento com a família, na capital paulista - com supervisão do departamento médico da ponte-pretano.

Diego Alessandro Aparecido Sacoman Silva é natural de Guarulhos-SP e foi formado nas categorias de base do Corinthians. Após deixar o time da capital, figurou por Guarani e Ceará (ambos por empréstimo), antes de desembarcar na Ponte - clube onde conquistou o Campeonato Paulista do Interior, em 2013.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.