Embora diga que "erros de arbitragem acontecem", técnico do Flamengo mas não poupou críticas ao juiz do Fla-Flu

Após o empate deste domingo no Fla-Flu , o treinador Vanderlei Luxemburgo aproveitou para usar supostos erros do árbitro do jogo, o paraense Dewson Fernando Freitas da Silva, para rebater suspeita de favorecimento ao Flamengo nas últimas partidas, em que se beneficiou seguidamente de erros da arbitragem.

Luxa apontou os lances que levaram ao gol de empate do Fluminense, onde, segundo o treinador, a falta que originou o cruzamento de Conca não ocorreu. Além disso, Vanderlei viu falta do atacante Fred sobre o zagueiro Chicão, antes de cabecear para o gol.

Leia mais: Flamengo sai na frente, mas Fluminense busca empate em clássico

"Erros de arbitragem acontecem, e não há favorecimento ao Flamengo. Hoje fomos prejudicados ", diz o técnico, que criticou a escolha do árbitro paraense para comandar um clássico de peso. "Trouxeram um árbitro do Pará, que não está acostumado a apitar jogos desta dimensão. Ele não conhece como as coisas são por aqui".

Sobre o clássico, Luxemburgo viu o Flamengo o tempo inteiro dentro da proposta que montou para o jogo. Para ele, o resultado foi o possível dada a rivalidade entre as equipes. "Tivemos uma proposta de buscar muito mais o jogo que o Fluminense", analisou.

Veja as fotos da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro:

E sobre a situação na tabela, Luxemburgo vê a equipe fazendo o seu papel. "Estamos avançando e recuperando uma situação que aconteceu lá atrás, nesse mesmo momento."

Para o zagueiro Chicão, o Flamengo merecia ter vencido a partida, e o gol do Fluminense foi mesmo irregular. Segundo o defensor, que evitou polemizar com a arbitragem, ele foi empurrado por Fred.

"Na minha opinião, o Flamengo merecia a vitória. Jogou mais, pressionou mais e teve mais chances", disse. "Na hora que o Conca vai bater a falta, ele me empurra. Mas não dá para ficar reclamando, e o negócio é continuar jogando."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.