Paulo Bento deixou o comando da seleção de Portugal após não ter conseguido levá-la para além da primeira fase da Copa

Paulo Bento, ex-técnico de Portugal
Getty Images
Paulo Bento, ex-técnico de Portugal

Demitido da seleção portuguesa após não ter conseguido passar sequer da fase de grupos no Mundial do Brasil, o técnico Paulo Bento comentou, em entrevista ao canal de televisão português RTP , os bastidores de sua saída e fez questão de desmentir qualquer envolvimento do craque Cristiano Ronaldo em sua demissão.

"Não creio que tenham se invertido os papéis, mudado a hierarquia. Isso abriria um precedente que não seria bom nem para o presidente da Federação Portuguesa de Futebol e nem para o jogador. Não acredito que um atleta, por maior influência que tenha, possa decidir e intervir em assuntos maiores", comentou Bento.

Classificando Cristiano Ronaldo como melhor jogador que já treinou, Paulo Bento teceu alguns comentários acerca de sua relação com o craque português que é ídolo no Real Madrid. "Quando perdemos, conhecemos melhor as pessoas. Quando ganhamos, ficamos embalados pela alegria do resultado. Não esperava nada diferente dele. Foi o melhor jogador que trabalhei e nos ajudou a conquistar diversos objetivos", avaliou.

Apesar dos elogios ao atacante, Paulo Bento afirma que escolheria outro nome para carregar a faixa de Portugal: o meio-campista João Moutinho. "Ronaldo é maduro e um grande profissional. Mas se eu tivesse que escolher, indicaria Moutinho por sua qualidade, profissionalismo e boa comunicação", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.