Faixa mostrada para os torcedores do Tottenham em jogo pela Liga Europa, na quinta-feira, foi vista como antissemita. Clube sérvio também será julgado por invasão de campo

Torcida do Partizan com faixa ofensiva ao Tottenham em jogo pela Liga Europa
Srdjan Stevanovic/Getty Images
Torcida do Partizan com faixa ofensiva ao Tottenham em jogo pela Liga Europa

O Partizan, clube da Sérvia, emitiu um pedido de desculpas nesta sexta-feira devido ao comportamento de seus torcedores na partida contra o Tottenham, na última quinta-feira, em Belgrado, pela Liga Europa. A atitude mais polêmica foi um cartaz exibido para os fãs do time inglês, com a mensagem "Only jews and pussies" ("Só judeus e bichas", em português).

Veja a tabela completa da Liga Europa

"A mensagem mostrada nesse cartaz é completamente oposta às preferências e opiniões da maioria dos cidadãos da Sérvia e fãs do Partizan. É absolutamente absurdo associar um clube fundado com princípios antifascismo após a Segunda Guerra Mundial e após a batalha dos europeus contra o antissemitismo a impulsos antissociais como esse (...). Pedimos desculpas a todos que se sentiram insultados", diz trecho do comunicado.

O jogo também teve invasão de campo e uso excessivo de pirotecnia por parte da torcida da casa. Por isso, a Uefa decidiu abrir um procedimento contra o Partizan, que será julgado pelo comitê disciplinar da entidade em 3 de outubro.

Em 2007, o Partizan foi multado pela Uefa por conta de uma briga de torcidas na partida contra Zrinjski Mostar. Já em 2013, a seleção sub 21 da Inglaterra virou vítima de ofensas racistas em jogo realizado na Sérvia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.