Tamanho do texto

Gol de Boateng garantiu a estreia vitoriosa dos alemães na Liga dos Campeões. Italianos dão show jogando em casa

Boateng comemora seu gol na vitória do Bayern por 1 a 0 sobre o Manchester City
Matthias Schrader/AP
Boateng comemora seu gol na vitória do Bayern por 1 a 0 sobre o Manchester City

Custou para o Bayern de Munique conseguir vencer na estreia da Liga dos Campeões. Em um jogo movimentado e muito disputado nas duas etapas, os alemães só conseguiram superar a retranca do Manchester City e o goleiro Joe Hart no último minuto do tempo regulamentar. O zagueiro Boateng, já no desespero, avançou até a área e foi feliz ao marcar um belo gol no ângulo, após aproveitar o bate-rebate da defesa, para sacramentar o triunfo por 1 a 0, em Munique, pelo Grupo E do torneio.

Veja a tabela completa de jogos da Liga dos Campeões

Apesar de sofrer algumas ameaças durante a partida, e até perder em posse de bola para o City durante a primeira etapa – 59% a 41% –, os alemães conseguiram manter a calma e seguir pressionando os visitantes. O camisa 1 Joe Hart, realizando belas defesas, sobretudo na primeira etapa, evitou – ou pelo menos adiou – o pior.

Percebendo que o jogo estava truncado e caminhava para uma igualdade no placar, Pep Guardiola abriu mão do sistema tático formal e colocou o atacante Pizarro no lugar do lateral Rafinha. Coincidência ou não, Pizarro foi quem disputou a bola no alto no lance em que Boateng marcou o gol da vitória.

Maicon marca e Roma garante vitória no primeiro tempo

No outro jogo do grupo, a Roma não poupou esforços para impressionar a torcida em seu retorno à Liga dos Campeões. Jogando diante da torcida, no Estádio Olímpico, a equipe italiana precisou apenas dos primeiros 45 minutos para confirmar a vitória - que terminou em goleada de 5 a 1 - sobre o CSKA. 

Veja galeria de fotos com gols da Liga dos Campeões:

Logo aos seis minutos, Iturbe recebeu passe de Gervinho para abrir o placar. Dois minutos mais tarde, o argentino retribuiu o favor. O camisa 7 chegou ao fundo e encontrou o marfinense livre, que só empurrou para rede,decretando placar de 2 a 0 com apenas 10 minutos de jogo.

Dez minutos mais tarde, Totti lançou Maicon pelo lado direito. O brasileiro invadiu a área e soltou um petardo cruzado. O camisa 13 precisou contar com a falha do russo Akinfeev – semelhante à cometida na Copa do Mundo, em jogo contra a Coreia do Sul – para balançar as redes e fazer seu primeiro gol após a polêmica com relação ao desligamento da seleção brasileira.

Aos 30 do primeiro tempo, Gervinho anotou o segundo tento na partida ao receber assistência do capitão Totti, começando a transformar a vitória em goleada. Na volta do intervalo, os italianos ainda contaram com um gol contra do zagueiro Ignashevich para aumentar a vantagem. A oito minutos do fim, o nigeriano Musa fez o gol de honra dos russos dando números finais à partida.

* Com Gazeta.

    Leia tudo sobre: bayern de munique
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.