Diretor de futebol relembra erros em clássicos contra o Flamengo após ser prejudicado em empate com o Oeste

A arbitragem de Paulo Schleich Vollkopf no empate por 1 a 1 com o Oeste deixou os vascaínos extremamente irritados. Tudo porque no gol anotado pelos paulistas a bola não entrou. O lance impediu o Vasco de vencer e ficar em posição mais confortável no G4, a zona de classificação para a elite do futebol nacional.

"Infelizmente, não é de hoje que somos prejudicado. Isso vem de muito tempo. No Estadual, perdemos o título com um gol em impedimento nos acréscimos do segundo tempo. Isso sem falar no gol do Douglas, que a bola entrou e o árbitro não deu, nos prejudicando contra o Flamengo. Agora acontece isso em um momento importante do campeonato", lamentou o diretor de futebol Rodrigo Caetano.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Série B do Brasileiro

Os jogadores também creditaram ao árbitro o tropeço. "As partidas estão sendo muito equilibradas e quando você começa perdendo com um gol irregular não é legal", afirmou o atacante Kleber Gladiador. "Foi nítido que a bola não entrou, pois ela não poderia ter quicado dentro e saído daquela maneira. Infelizmente foi um lance que acabou nos prejudicando e atrapalhando o nosso planejamento", concordou o volante Fabrício.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.