Depois de desfalcar Atlético-MG, Botafogo, Corinthians, Cruzeiro e Santos, técnico pode mudar os times prejudicados

O calendário do futebol brasileiro será mais uma vez o maior problema do técnico Dunga para a convocação da seleção que enfrentará Argentina e Japão nos dias 11 e 14 de outubro na Ásia. A lista será divulgada nesta quarta-feira, no Rio, e como da primeira vez, há um mês, times do Brasileirão poderão perder seus destaques.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

A ideia da comissão técnica brasileira é testar outros destaques do campeonato que não tiveram chance nos jogos contra Colômbia e Equador no início de setembro num "rodízio dos prejudicados". Para estas partidas nos Estados Unidos, Dunga convocou dois jogadores de Corinthians e Cruzeiro (Gil, Elias, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart), um do Atlético-MG (Diego Tardelli), um do Botafogo (Jefferson) e um do Santos (Robinho). Agora, jogadores do quarteto do São Paulo (Ganso, Kaká, Pato e Alan Kardec) ganham força.

Fora os são-paulinos, todos os jogadores citados desfalcaram seus times em pelo menos duas partidas do Brasileirão ou da Copa do Brasil simplesmente por que a CBF não adaptou o calendário dos seus campeonatos às datas Fifa, período em que todas as grandes ligas do mundo param por conta dos compromissos de seleções.

Os jogos em Pequim (contra a Argentina) e em Cingapura (contra o Japão) estão marcados para datas em que todos os clubes da Série A têm seus compromissos. As rodadas 27 e 28 do Brasileirão acontecem entre os dias 8 e 12 de outubro e o jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil nos dias 15 e 16 (Atlético-MG, Botafogo, Cruzeiro, Corinthians, Flamengo e Santos são os times da Série A envolvidos). Há ainda jogos da Copa Sul-Americana para São Paulo, Goiás, Vitória e Bahia. A CBF ainda não divulgou a programação da viagem para a Ásia. 

Blog do Jorge Nicola:  Antes da 1ª convocação, Dunga ligou para vários técnicos

Dunga tenta lidar com a falta de organização da entidade minimizando os efeitos negativos para os clubes. Corinthians e Cruzeiro, os mais prejudicados na primeira convocação, se enfrentam na 27ª rodada em Belo Horizonte e poderiam perder alguns dos seus principais jogadores novamente. A tendência é que o técnico limite os convocados a um jogador por clube. O técnico se reúne com Gilmar Rinaldi, coordenador da seleção, e outros membros da comissão técnica nesta terça-feira no Rio.

E ainda tem a sub-21
O Cruzeiro já comunicou a CBF sobre sua insatisfação com a situação e deve ter reduzido o número de convocados. O clube mineiro ainda cedeu Alisson e Lucas Silva para a seleção sub 21, comandada por Alexandre Gallo, que também tem compromissos nas datas Fifa. Outros jogos do "time olímpico" estão previstos para outubro.

Para os jogos de setembro, contra Catar, Palestina e Líbano, foram 11 jogadores de times brasileiros convocados. Além do Cruzeiro, Atlético-PR, Botafogo, Grêmio, Internacional, Santos, São Paulo e Vitória tiveram jogadores convocados

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.