Técnico Moacir Júnior foi demitido no último sábado após derrota para o Boa Esporte no Independência

A diretoria do América-MG vai procurar com calma um substituto para o técnico Moacir Júnior, demitido no último sábado após derrota para o Boa Esporte no Independência. No jogo da próxima terça-feira, contra o Bragantino, no Horto, o auxiliar Cláudio Prates vai comandar o time interinamente.

O presidente Francisco Santiago, integrante do conselho de administração, lamentou a troca no comando, especialmente pelo bom trabalho que vinha sendo realizado por Moacir Júnior. O dirigente, porém, entende que o momento de fazer uma mudança seria agora para que o América-MG continue na briga pelo acesso.

"Não gostamos de mudar treinador. Conversamos com ele (Moacir Júnior) após o jogo e, em comum acordo, entendemos que o momento é este. De um período para cá sentimos que o time caiu, tanto que conquistamos apenas um ponto nos últimos quatro jogos. O Moacir também entendeu que esse era o momento de mudar. Vamos dar ao Claudinho (Cláudio Prates) a oportunidade de comandar a equipe na terça-feira, enquanto a diretoria vai procurar com calma um treinador no perfil do clube", declarou.

O presidente americano ressaltou que Moacir Júnior está saindo pela porta da frente. "O Moacir é um grande profissional, nos ajudou muito no Campeonato Mineiro e fizemos um excelente início de Campeonato Brasileiro. Mas é fato que a queda depois da Copa do Mundo foi muito grande. E sentimos que o momento era esse. As portas do América-MG estão abertas para ele, que fez um ótimo trabalho até esse momento de descontrole", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.