Equipe baiana tenta deixar a fora da zona de rebaixamento, enquanto os paranaenses não vencem há mais de um mês

Em queda na classificação do Campeonato Brasileiro 2014, o Atlético-PR tenta reagir, neste domingo, às 18h30 (de Brasília), na Arena da Baixada, onde recebe o Vitória . A equipe baiana, por sua vez, esboça começar uma arrancada para deixar a zona de rebaixamento e, com um bom resultado fora de casa, puxará o adversário ainda mais para baixo, embolando a luta contra a degola.

Com uma sequência de maus resultados, mais de um mês sem vencer no Brasileirão, o rubro-negro paranaense terá que mudar para reencontrar o caminho dos resultados positivos e evitar agravar a crise que passa pela pressão do torcedor. O técnico Claudinei Oliveira não contará com o meio-campista Marcos Guilherme e o volante João Paulo, que receberam o terceiro cartão amarelo e cumprem suspensão. Dráusio, com uma lesão na face, será reavaliado.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

A boa notícia para o treinador são os retornos do zagueiro Léo Pereira e do atacante Douglas Coutinho, que estavam com a Seleção Brasileira Sub-21. Além dos dois, quem pode reaparecer nas vagas abertas é o meio-campista Bady ou Sidcley, enquanto na proteção da zaga Otávio e Paulinho Dias brigam pela vaga.

O comandante atleticano, sem tempo para implantar sua filosofia com treinamentos, tentará acelerar, através de algumas alterações pontuais, as mudanças necessárias para o time evoluir. "É sempre bom trabalhar e fazer essa transição com resultados positivos, já que tempo para treinar nós não temos. Quando não vêm os resultados você tem que acelerar um pouco mais que o necessário. Quando o resultado vem o torcedor fica mais tranquilo, assim como os jogadores, que ficam mais confiantes e as coisas acontecem mais naturalmente", projetou.

A vitória sobre o Internacional deu ao Leão o embalo que faltava para o time começar sua caminhada para sair da zona de rebaixamento. A boa atuação do time animou a comissão técnica e os próprios jogadores, que após o jogo já falaram em novas perspectivas para a equipe.

Para encarar o Furacão, o técnico Ney Franco não contará com Neto Coruja e Caio, entregues ao departamento médico. O meia Luís Aguiar, com dores na coxa, ficou em Salvador e sequer acompanhou a delegação na viagem ao Sul, assim como o goleiro Gustavo, vítima de um choque na face durante o treino.

O argentino Escudero, que era dúvida porque ainda adquire um melhor condicionamento físico após se recuperar de cirurgia no joelho, deve estar à disposição.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR X VITÓRIA-BA

Estádio : Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data : 14 de setembro de 2014, domingo
Horário : 18h30 (de Brasília)
Árbitro : Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes : Ramires Santos Candido e Fabio Faustino dos Santos (ambos do ES)

ATLÉTICO-PR : Weverton; Mário Sérgio, Cleberson, Drausio (Léo Pereira) e Natanael; Deivid, Paulinho Dias, Nathan e Bady; Marcelo e Dellatorre (Douglas Coutinho).
Técnico : Claudinei Oliveira

VITÓRIA : Fernández; Nino Paraíba, Luiz Gustavo, Kadu e Juan; Adriano, Cáceres, Richarlyson, Escudero e Marcinho; Dinei
Técnico : Ney Franco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.