Treinador português, que já balançava após o fiasco da seleção na Copa 2014, não resistiu à péssima estreia da equipe nas eliminatórias da Euro 2016, quando perdeu por 1 a 0

Paulo Bento já estava sendo bastante criticado após a fraca campanha na Copa 2014
Getty Images
Paulo Bento já estava sendo bastante criticado após a fraca campanha na Copa 2014

A péssima estreia de Portugal nas Eliminatórias da Euro 2016, quando perdeu em Aveiro (POR), para Albânia por 1 a 0, custou caro ao técnico Paulo Bento, que teve sua demissão anunciada nesta quinta-feira pelos dirigentes da FPF (Federação Portuguesa de Futebol).

Ne verdade, o treinador já estava bastante ameaçado após o fracasso da seleção portuguesa na Copa 2014, quando a equipe foi eliminada de forma melancólica ainda na fase de grupos, ao ficar em terceiro lugar no Grupo G, empatado em pontos com os Estados Unidos, mas com um saldo de gols pior (0 contra -3 dos portugueses).

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Campeonato Português

"A Federação Portuguesa de Futebol comunica que hoje, 11 de setembro, termina o vínculo contratual de Paulo Bento com a FPF e ao serviço das Seleções. Esta foi uma decisão tomada conjuntamente entre a Direção da FPF e Paulo Bento", afirmou o comunicado emitido nesta quinta-feira.

E mais: Alemanha bate a Escócia, Portugal perde da Albânia e Polônia enfia 7 a 0 na Euro

Paulo Bento assumiu o comando da seleção de Portugal ainda nas Eliminatórias para a Euro 2012, onde a equipe cumpriu boa campanha, chegando às semifinais. Nas Eliminatórias para a Copa 2014, os portugueses começaram mal, mas chegaram à classificação na repescagem, diante da Suécia, com grandes atuações de Cristiano Ronaldo.

Ao todo, Paulo Bento comandou a equipe em 46 jogos, com 25 vitórias, 12 empates e nove derrotas. A direção da FPF ainda não comunicou quem será o técnico responsável para tentar classificar a equipe para a Eurocopa da França.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.