Tamanho do texto

Goleiro revelado pelas categorias de base ganhou uma oportunidade no jogo contra o Luverdense, pela Série B

Jordi, goleiro do Vasco
Marcelo Sadio/vasco.com.br
Jordi, goleiro do Vasco

Na vitória sobre o Luverdense, o Vasco teve no gol o jovem Jordi, cria das categorias de base do clube. O goleiro teve boa atuação e ganhou elogios do preparador Carlos Germano, ídolo cruzmaltino. O profissional revelou que já tinha tentado colocar Jordi entre os titulares nesta temporada, mas não foi atendido pelo ex-técnico Adílson Batista.

"Estava esperando essa oportunidade desde janeiro. Em Pinheiral, falei com o Adílson Batista sobre lançar o Jordi no Campeonato Estadual. Ele preferiu começar com um profissional mais experiente, como o Diogo Silva, que já estava na equipe. O Jordi ganhou a chance e confesso que fiquei um pouco apreensivo. No entanto, uma hora isso ia acontecer e foi uma estreia muito boa", disse.

Veja como está a classificação da Série B do Campeonato Brasileiro

O Vasco buscou no início do ano o goleiro uruguaio Martín Silva, que caiu nas graças da torcida. O titular não atuou nas últimas duas partidas, pois estava com a seleção de seu país em amistosos. Mesmo com a volta de Martín Silva, que tem contrato longo com o Vasco, Carlos Germano espera que o clube possa formar bons goleiros em um futuro próximo.

"Minha intenção é fazer com que o Vasco faça bons goleiros e não precisa recorrer ao mercado para essa posição. Que possa ficar 20, 30 anos com profissionais criados no clube", declarou.

Com a vitória desta terça-feira, o Vasco permaneceu na quarta posição da Série B do Campeonato Brasileiro, com 38 pontos, um a menos que o líder Joinville. Os cruzmaltinos voltam a campo neste sábado, contra o Atlético-GO, em Brasília.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.