Equipe deixará de receber mais de 390 milhões de libras por não participar da Liga dos Campeões. Moyes se deu bem

Um dos clubes mais ricos do mundo, o inglês Manchester United divulgou, nesta quarta-feira, uma receita recorde de 433,2 milhões de libras (cerca de R$ 1,6 bilhão) referente à temporada passada. No entanto, a diretoria informou que esse valor terá uma queda de aproximadamente 40 milhões de libras (R$ 148 milhões) até 2015 por conta da não participação da equipe nas competições europeias desta nova campanha.

David Moyes desembolsou R$ 19 milhões de rescisão do Manchester
Getty Images
David Moyes desembolsou R$ 19 milhões de rescisão do Manchester

Para os próximos 12 meses, o United prevê que sua receita gire em torno de 390 a 395 milhões de libras. Números que refletem a ausência  do time na Liga dos Campeões, já que deixará de receber pelos contratos com televisões e por ter menos jogos no estádio Old Trafford.

O Manchester United ainda comunicou que o aumento de 19% nos valores da temporada 2012/2013 para a 2013/2014 se deve a novos valores de televisão e ao vínculo firmado com a Adidas (fornecedora de material esportivo), que vai injetar 750 milhões de libras (R$ 2,78 bilhões) nos próximos dez anos.

Quanto aos gastos, a direção do clube de Manchester informou que desembolsou 5,2 milhões de libras (R$ 19 milhões) com a rescisão de contrato de David Moyes e comissão técnica. As contratações dos meias Maroane Fellaini e Juan Mata custaram 78,9 milhões de libras (R$ 292,5 milhões) aos cofres do time inglês. Os reforços de Angel Di María, Falcao García, Luke Shaw, Marcos Rojo e Daley Blind não entraram neste balanço.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.