Atacante do Corinthians teve atuação de destaque na partida realizada nesta terça-feira, em Doha

Nesta terça-feira, Catar e Peru disputaram um amistoso em Doha e a equipe sul-americana venceu por 2 a 0. Os peruanos sofreram muito na defesa e tiveram menos chances, mas Callens e Guerrero balançaram as redes nos minutos finais e garantiram o terceiro triunfo consecutivo da seleção.

O Peru começou atacando com pouco volume, e apesar de ter 55% de posse de bola no primeiro tempo, apresentou uma defesa desordenada e não conseguiu pressionar o time árabe. A primeira chance boa saiu apenas aos 34 minutos, do lado do Catar. Mohammad disparou pelo lado direito, cruzou para Ibrahim na área, e este mandou uma bomba que passou raspando nas traves do goleiro Forsyth. Três minutos depois, a zaga do Peru falhou e a sobra ficou para Hatem, que pegou mal na bola e mandou para fora.

Goleiro leva frango e Japão só empata com a Venezuela no segundo jogo de Aguirre

No segundo tempo, aos 9 minutos, Forsyth salvou o Peru. Hatem chutou forte e o goleiro fez uma bela defesa. Aos 12, Callens trouxe a primeira oportunidade para sua equipe e cabeceou forte, mas Mohammad salvou na linha do gol, atrás do goleiro. Na sequência, Carillo chegou pela direita e, na linha de fundo, cruzou para Guerrero, que não conseguiu chegar a tempo.

Na metade do período, o goleiro Al Sheeb fez duas defesas importantes. Primeiro, Cruzado chutou da entrada da área e o arqueiro do Catar salvou. Quatro minutos depois, Guerrero cabeceou com perigo novamente e o goleiro voou para segurar a bola. Mas o gol saiu aos 39 minutos. A bola foi levantada na área, Guerrero cabeceou e o goleiro espalmou, mas a sobra ficou com Callens , que empurrou para o fundo das redes.

Pouco depois, aos 43, o atacante do Corinthians entrou na área e, com categoria, chutou de perna esquerda para definir. 2 a 0 para o Peru. Com o tento, Guerrero chega aos 20 gols e se confirma como maior artilheiro em atividade da seleção peruana. Já Callens é o único jogador que disputou todas as partidas sob o comando do técnico Bengoechea.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.