Meio-de-campo disse que conversou com o treinador e se colocou à disposição para ajudar a Itália durante reformulação

A seleção italiana promete passar por renovação após cair na primeira fase em duas Copas do Mundo seguidas, mas a nova etapa deve ter como pilar um velho conhecido. Andrea Pirlo reconsiderou sua aposentadoria, convencido pelo técnico Antonio Conte, recolocou-se à disposição do time nacional.

Pirlo se coloca à disposição da seleção italiana
Robert Cianflone/Getty Images
Pirlo se coloca à disposição da seleção italiana

"Tive uma conversa com Conte e ele perguntou se eu ainda estava disponível. Respondi que sim. É uma decisão difícil, pois queria parar, mas ele me pediu para dar uma ajuda e espero que possamos fazer algo de bom", planeja o veterano, exaltando o treinador com o qual trabalhou por três temporadas na Juventus.

Aos 35 anos, Pirlo será uma das peças da Itália que busca disputar a Eurocopa em 2016. Segundo o meio-campista, o novo treinador vai reformular a seleção tetracampeã mundial. "(Conte) Tem tudo para fazer um bom trabalho na seleção. Em poucos dias já deu uma nova identidade a uma equipe que parecia estar em desordem após a Copa", compara, lembrando o vexame sob comando de Cesare Prandelli.

O primeiro compromisso oficial da Itália sob comando de Conte está marcado para às 15h45 (de Brasília) desta terça-feira, quando a seleção recebe o Azerbaijão pela primeira rodada das Eliminatórias para a Eurocopa 2016. Para este duelo, porém, Pirlo não está disponível por não ter sido convocado previamente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.