Tamanho do texto

No primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro, equipes empataram em 2 a 2 no Serra Dourada

Nesta terça-feira, a Ponte Preta pode entrar na zona de acesso à Série A. A equipe recebe o Atlético-GO pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e figura no quinto lugar na classificação, com 34 pontos – a apenas um ponto dos outros integrantes do G4, com exceção do líder Joinville. Do outro lado da tabela, o time goiano luta para se afastar da zona de rebaixamento, em 14ª lugar, com 25 pontos.

No primeiro turno, as equipes empataram em 2 a 2 no Serra Dourada. Alexandre marcou os dois gols da Ponte, enquanto Márcio e Júnior Viçosa balançaram as redes a favor do Atlético-GO.

Embalado após a vitória sobre o Icasa na última sexta-feira, o elenco da Ponte se reapresentou no domingo visando o duelo com o Atlético e se mostrou bastante confiante para buscar pontos no Moisés Lucarell.

“É um momento muito bom. Subimos na tabela, foram mais três pontos, estamos brigando para voltar à série A. É esse o nosso objetivo e nossa vontade. O time está fechado, está unido, para que possamos juntos subir a Ponte para a elite do Brasileiro”, afirmou o meia Renato Cajá.

O técnico Guto Ferreira deve promover várias mudanças no elenco para evitar o desgaste físico dos atletas com o pouco tempo de recuperação entre os jogos. O comandante deve entrar em campo com o meia Renato Cajá na vaga de Adrianinho. Daniel Borges e João Paulo são opções para a lateral direita e esquerda, respectivamente.

Quem também pode ser escalado é o volante Elton, que não atuou nas últimas duas partidas por causa de dores no pé direito. Quem também retorna são o zagueiro Tiago Alves e o volante Fernando Bob. Os atacantes Cafu e Alexandro receberam o terceiro cartão amarelo e cumprem suspensão automática. Com o retorno de Bob, Guto pode optar por deslocar Adilson Goiano para a ofensiva, fazendo dupla com Rafael Costa.

Após realizar exames no Atlético-PR, o zagueiro Diego Sacoman voltou a Campinas e ficará ausente dos treinos desta semana para realizar procedimentos mais aprofundados que revelem detalhes sobre seu estado de saúde.

Já o Atlético foi derrotado pelo Boa Esporte por 3 a 0 em casa, está em 14º lugar, com 25 pontos, e briga para se afastar da zona de rebaixamento. Após o revés, o técnico Hélio dos Anjos foi demitido e Wagner Lopes assumiu o cargo. Apresentado na última sexta, ele comandou treinos intensos no fim de semana e testou a equipe pela primeira vez.

O atacante André Luís, que cumpriu suspensão automática na última partida, exaltou a nova forma de treinamento e se mostrou animado para a sequência da competição.

“É outra filosofia, muda um pouquinho o esquema, mas temos que assimilar o mais rápido possível. Ele trouxe um pouco mais de animo para o atleta. O trabalho do Wagner é mais parado, conversando muito com os jogadores, não tão intenso como o do Hélio. Ele tem pouco tempo de trabalho antes do próximo jogo e então temos que assimilar o mais rápido possível para pegar o ritmo do treinador”, afirmou o jogador.

Para o duelo, o novo treinador fará seis mudanças no elenco. Além do atacante, Jonas, Wagner Carioca e Pedro Bambu cumpriram também cumpriu suspensão e estão de volta. O goleiro Márcio e o lateral-esquerdo Thiago Feltri se recuperaram de lesão e estarão à disposição de Lopes. Saem o goleiro Roberto, os laterais Mateus Caramelo e Victor Oliveira, os meias Renan Foguinho, Luciano Sorriso e o atacante Juninho.

A partida entre Ponte Preta e Atlético-GO será nesta terça-feira, às 17h (de Brasília), no Estádio Moisés Lucarelli, o Majestoso.

FICHA TÉCNICA - PONTE PRETA x ATLÉTICO-GO

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 9 de setembro de 2014, terça-feira
Horário: 17h
Árbitro: Ítalo Medeiros de Azevedo (RN)
Assistentes: Ubiratan Bruno Viana (RN) e Flávio Gomes Barroca (RN)

PONTE PRETA: Roberto; Daniel Borges, Tiago Alves, Gilvan e João Paulo; Fernando Bob, Juninho, Renato Cajá e Roni; Adilson Goiano e Rafael Costa
Técnico: Guto Ferreira

ATLÉTICO-GO: Márcio; Jonas, Adriano, Lino e Thiago Feltri; Marcus Winícius, Wagner Carioca, Pedro Bambu e Jorginho; André Luís e Yago.
Técnico: Wagner Lopes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.