meia afirma que o período atual é o melhor vivido por ele no clube, e que deve muito ao técnico Argel

Autor do segundo gol da incrível virada do Figueirense sobre o Internacional no Beira-Rio , Marco Antônio explicou que o técnico Argel Fucks pediu que a equipe tivesse uma mudança de postura após tomar dois tentos dos gaúchos no primeiro tempo do confronto. Na segunda etapa, a equipe catarinense reagiu e saiu com a vitória do confronto.

"Teve uma conversa de encaixe no campo, movimentação tática, mudança de postura, tocar mais a bola. Tivemos poucas chances no primeiro tempo, mas no segundo tempo fomos muito superiores e merecemos a vitória", declarou Marco Antônio.

Questionado sobre seu gol, se a bola havia sido desviada por Fabrício, o meio-campista preferiu falar que o tento era da equipe e exaltou o final do primeiro turno dos catarinenses: "O gol é nosso, do time todo, o gol para coroar um primeiro turno que a gente veio de uma retomada fantástica neste Campeonato Brasileiro".

Marco Antônio afirma que o período atual é o melhor vivido por ele no Figueirense, e que deve muito ao técnico Argel. "É o meu momento mais importante no Figueirense e eu devo muito a ele. Tentou resgatar a confiança, pediu algumas mudanças em liderança e em termos de postura tática", sentenciou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.