Tamanho do texto

Jogo foi fraco, sem grandes chances de gols para as duas equipes, que precisavam da vitória para seguirem atrás de seus objetivos dentro do torneio

Bruno Henrique recebe a marcação de Giovanni na partida entre Criciúma e Corinthians
Cristiano Andujar/Getty Images
Bruno Henrique recebe a marcação de Giovanni na partida entre Criciúma e Corinthians

O Corinthians acumulou sua terceira partida consecutiva sem vitória no Campeonato Brasileiro. Em visita ao Criciúma, na tarde de domingo, no Heriberto Hülse, a equipe alvinegra não conseguiu nada além de um empate por 0 a 0, sua nona igualdade em 19 rodadas.

Graças ao empate do Fluminense com o Cruzeiro, no entanto, o time do Parque São Jorge conseguiu terminar o primeiro turno entre os quatro primeiros, agora 33 pontos – dez a menos que o líder. A formação catarinense, com 18, depende do complemento da jornada para saber se chegará à metade da disputa na zona de rebaixamento.

Superior apenas nos primeiros 25 minutos, o Corinthians parou no goleiro Luiz nesse período – e um lance de má pontaria do garoto Malcom –, fazendo muito pouco no restante do jogo. O Criciúma foi superior na etapa final e só não venceu com um gol de Paulo Baier por causa de uma ótima defesa de Cássio.

O jogo – Com a surpreendente escalação do garoto Malcom no ataque, o Corinthians teve o predomínio nas ações do primeiro tempo. Ainda que apresentasse alguma dificuldade para trocar passes no meio-campo, o time chegava com certa frequência à área adversária.

Após alguns minutos de cautela dos dois lados, os visitantes começaram a se soltar. A primeira oportunidade surgiu em boa jogada de Malcom, que deu de calcanhar para Bruno Henrique cruzar. Romero cabeceou e viu grande defesa de Luiz, que voltaria a trabalhar bem em cobrança de falta de Fábio Santos.

O mesmo Fábio Santos pegou rebote de escanteio e obrigou Luiz a trabalhar novamente. Em boa jornada, o goleiro acabou errando ao chutar uma bola no pé de Malcom, que invadiu a área com liberdade, usou a força em detrimento do jeito e bateu por cima.

A esta altura, Gilmar Dal Pozzo já havia gastado uma substituição, trocando o contundido zagueiro Alcides por Ronaldo Alves. Nos 20 minutos que antecederam o intervalo, o Criciúma conseguiu se assentar em campo e, se não criou chances, conseguiu frear o adversário.

Confira as fotos da 19ª rodada do Brasileirão:

Os anfitriões voltaram do intervalo com Paulo Baier no lugar de Lucca. O Corinthians não teve alterações de nome, mas passou do 4-2-3-1 para o 4-4-2, com Renato Augusto, antes centralizado, caindo pela direita. Malcom foi liberado para atuar ao lado de Romero na frente.

Muito pouco aconteceu até os 18 minutos, quando, irritado com a produção ofensiva de seu time, Mano Menezes trocou Malcom por Jadson. Pouco menos de dez minutos depois, perdeu a paciência com os erros defensivos de Fagner, colocando Ferrugem em seu lugar.

Mesmo mal no ataque, o Corinthians poderia ter aberto o placar em falta batida por Jadson, após a qual Felipe foi empurrado na área. O árbitro Igor Junio Benvenuto, que mostrou uma predileção especial por faltas de ataque, preferiu apontar infração do beque corintiano.

Avançando especialmente pela esquerda, o Criciúma tinha um volume maior – Paulo Baier chegou a marcar, embora em clara posição de impedimento. A resposta foi em cruzamento de Bruno Henrique, mas Jadson não conseguiu o domínio que o deixaria na cara do gol.

Danilo no lugar de Petros foi a última tentativa de Mano, mas foram os donos da casa que estiveram mais perto da vitória. Paulo Baier saiu na cara de Cássio, que fez grande defesa para impedir o gol aos 37 minutos. Os visitantes não tiveram mais nenhuma oportunidade.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA 0 X 0 CORINTHIANS

Local : estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC)
Data : 7 de setembro de 2014, domingo
Horário : 16h (de Brasília)
Árbitro : Igor Junio Benvenuto (MG)
Assistentes : Márcio Eustáquio Santiago (MG) e Pablo Almeida da Costa (MG)
Cartões amarelos : Fábio Ferreira, Rodrigo Souza, Cleber Santana, Maurinho e Luis Felipe (Criciúma); Felipe, Bruno Henrique e Fagner (Corinthians)

CRICIÚMA : Luiz; Luis Felipe, Fábio Ferreira, Alcides (Ronaldo Alves) e Giovanni; Rodrigo Souza e João Vitor; Lucca (Paulo Baier), Cleber Santana e Silvinho (Maurinho); Zé Carlos
Técnico : Gilmar Dal Pozzo

CORINTHIANS : Cássio; Fagner (Ferrugem), Felipe, Anderson Martins e Fábio Santos; Ralf e Bruno Henrique; Malcom (Jadson), Renato Augusto e Petros (Danilo); Romero
Técnico : Mano Menezes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.