Clube recorreu da primeira decisão, e tribunal diminuiu a multa de R$ 50 mil para R$ 5 mil. No clássico contra o Corinthians, palmeirenses danificaram 258 assentos na Arena

O Palmeiras conseguiu reduzir a multa que terá de pagar por conta dos danos causados por alguns de seus torcedores no estádio do Corinthians, em Itaquera, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em julgamento realizado na manhã desta sexta-feira, o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) avaliou o recurso do clube e diminuiu a punição de R$ 50 mil para R$ 5 mil.

Palmeirenses quebraram 258 cadeiras no clássico com Corinthians
Jorge Nicola
Palmeirenses quebraram 258 cadeiras no clássico com Corinthians

O clássico realizado no dia 27 de julho terminou com 258 cadeiras quebradas no setor de visitantes. Em função dos danos, o STJD levou os dois rivais a julgamento, com ambos correndo o risco de até perderem mandos de campo. Porém, no primeiro julgamento, o Corinthians foi absolvido, e o Palmeiras levou a multa inicial de R$ 50 mil.

O clube alviverde recorreu e teve êxito nesta sexta-feira, no Pleno do STJD. Porém, a pena de R$ 5 mil não foi o único custo do Palmeiras por conta dos assentos danificados em Itaquera. Devido a um acordo prévio entre as diretorias, o Palmeiras teve de arcar com os prejuízos do rival.

Assim, independentemente de STJD, a agremiação presidida por Paulo Nobre teve de pagar aproximadamente R$ 45 mil para cobrir as despesas do conserto dos assentos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.