Cariocas venceram na semana passada por 2 a 1 e estão em vantagem na luta por vaga na Copa Sul-Americana

Depois de vencer o jogo de ida por 2 a 1, o Fluminense visita o Goiás nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, em confronto válido pela rodada de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana. O Tricolor carioca precisa de um simples empate para avançar, o que também pode acontecer em caso de derrota por um gol de diferença, mas a partir de 3 a 2. Já os goianos se garantem com 1 a 0, pois os tentos anotados como visitante valem para critério de desempate, ou ganhando por dois ou mais gols de vantagem. O representante do Centro-Oeste vai forçar a disputa de pênaltis em caso de triunfo por 2 a 1.

Confira a tabela completa de jogos da Copa Sul-Americana

O Fluminense vem de um empate por 1 a 1 com o Corinthians, fora de casa, que não lhe devolveu para o G4 do Campeonato Brasileiro . O resultado não foi dos melhores e no fim de semana tem duelo contra o líder Cruzeiro. Portanto, os jogadores e o técnico Cristóvão Borges não conseguem esconder o incômodo com este jogo contra o Goiás, mas prometem empenho na luta pela classificação.

"Nós sabemos que uma eliminação agora na Copa Sul-Americana seria muito ruim, pois a torcida do Fluminense deseja muito a conquista deste título. Portanto, independentemente da nossa situação no Campeonato Brasileiro, vamos em busca da classificação", disse o zagueiro Elivelton.

Cristóvão Borges entende que o Fluminense vai precisar manter seu estilo de jogo para não correr risco de uma eliminação. Para ele o time aprendeu com a saída precoce na Copa do Brasil quando, mesmo ganhando na ida por 3 a 0, acabou goleado por 5 a 2 pelo América-RN na volta, sendo eliminado.

Brasil perde espaço no mercado de transferências do futebol europeu

"Nós temos de manter o nosso estilo de jogo. O Fluminense é um time que sempre busca o gol e que não para de jogar um só minuto na luta pelos três pontos. Contra o Goiás nós ganhamos apenas o primeiro jogo, mas a classificação ainda está muito longe de ser obtida. Vamos a campo como se o jogo estivesse zero a zero e a gente necessitasse ganhar para avançar", disse Cristóvão.

O Fluminense tem problemas para este jogo, a começar pelo gol. Diego Cavalieri, com uma gastroenterite, fica de fora e Klever, o substituto direto, foi expulso na ida. Assim, Felipe assume o posto. Marlon entra na vaga do zagueiro Henrique, poupado. O volante Edson e o atacante Rafael Sobis, ambos com lesão na coxa esquerda, e o volante Valencia, com lesão no joelho direito, foram vetados. Assim, Diguinho e Jean deverão formar a dupla de volantes e Fred é o nome para o ataque.

Pelo lado do Goiás, o técnico Ricardo Drubscky pede o apoio do torcedor. O treinador e o time ganharam novo ânimo com o triunfo de 3 a 1 sobre o Atlético-PR, no fim de semana, que interrompeu uma série de seis derrotas seguidas.

"Nós precisamos muito do apoio do nosso torcedor neste duelo, pois o Fluminense tem um grande time e precisamos que eles joguem conosco ao longo dos noventa minutos. Depois, se a coisa não caminhar, podem até vaiar, mas durante a partida precisamos demais que eles estejam conosco, sendo o décimo-segundo jogador na arquibancada" disse Ricardo. A diretoria, atendendo a um pedido dos torcedores, optou por reduzir o preço dos ingressos. Alguns dos bilhetes, no sistema de meia entrada, custarão R$ 5.

Em termos de escalação, o Goiás só deverá ter uma mudança em relação ao time que derrotou o Furacão. O atacante Samuel, que tem os direitos federativos ligados ao Fluminense, não pode atuar por questões contratuais. Sendo assim, Tiago Real assume sua vaga.

O classificado do duelo entre Goiás e Fluminense vai enfrentar nas oitavas de final o ganhador do confronto entre Universitario Sucre, da Bolívia, e Cesar Vallejo, do Peru. Os dois times, porém, são oriundos da etapa preliminar da competição e por isso só farão o primeiro jogo na próxima semana. As oitavas da Copa Sul-Americana estão previstas apenas para o fim de setembro.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS X FLUMINENSE

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 3 de setembro de 2014 (Quarta-feira)
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Francisco Nascimento (Brasil)
Assistentes:  Kleber Lucio Gil (Brasil) e Bruno Boschilia (Brasil)

GOIÁS: Renan, Valmir Lucas, Jackson, Felipe Macedo e Léo Veloso; Thiago Mendes, David, Murilo e Esquerdinha; Tiago Real e Erik
Técnico: Ricardo Drubscky

FLUMINENSE: Felipe Garcia, Bruno, Marlon, Elivelton e Chiquinho; Diguinho, Jean, Cícero, Wágner e Darío Conca; Fred
Técnico: Cristóvão Borges

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.