Ex-jogador da seleção argentina, duas vezes campeão do mundo, presenteou o pontífice com uma camisa

Maradona encontra o papa Francisco no Vaticano
Gregorio Borgia/AP
Maradona encontra o papa Francisco no Vaticano

Dois dos argentinos mais importantes da história, o papa Francisco e o ex-jogador Diego Maradona se encontraram na tarde desta segunda-feira. O encontro foi promovido para o jogo da paz, no Vaticano.

Lesão de Messi desfalca Argentina em revanche contra a Alemanha

Camisa 10 da seleção argentina na Copa de 1986, 1990 e 1994, Dieguito presenteou o pontífice com a camisa azul e branca do último Mundial, mas com a numeração antiga e com o nome Francisco estampado.

A partida foi organizada por Scholas Occurrentes e pela Fundação PUPI italiana, fundada pelo ex-jogador argentino Javier Zanetti, e reuniu diversos atletas e ex-atletas como o francês Zidane, o italiano Roberto Baggio, o brasileiro Ronaldinho Gaúcho e o camaronês Samuel Eto’o, além de Maradona.

O papa Francisco destacou a ideia do confronto: "A discriminação é um desprezo e vós, com esta partida, dirão não a qualquer tipo de discriminação", disse o pontífice.

Maradona em ação no Jogo da Paz, no Estádio Olímpico de Roma, na Itália
Gregorio Borgia/AP
Maradona em ação no Jogo da Paz, no Estádio Olímpico de Roma, na Itália


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.