Tamanho do texto

Lateral do Real Madrid havia sido esquecido na primeira lista do treinador, mas acaba ganhando uma chance para os jogos contra Colômbia e Equador após a lesão do jogador do Porto

Marcelo foi chamado para o lugar de Alex Sandro, cortado por contusão
Jefferson Bernardes/VIPCOMM
Marcelo foi chamado para o lugar de Alex Sandro, cortado por contusão

Sem conseguir se recuperar de uma lesão muscular na coxa esquerda, o lateral Alex Sandro foi cortado neste domingo da seleção brasileira , que fará dois amistosos nos Estados Unidos, o primeiro deles na próxima sexta-feira, em Miami, contra a Colômbia. No lugar dele, o técnico Dunga chamou Marcelo, do Real Madrid e que foi titular da equipe na disputa da Copa do Mundo de 2014.

Alex Sandro sofreu uma lesão na coxa esquerda há cerca de dez dias e não conseguiu se recuperar a tempo de integrar a delegação da seleção brasileira. Dunga acabou optando por Marcelo, mais um remanescente da equipe que fez decepcionante campanha na última Copa, ainda sob o comando de Luiz Felipe Scolari. Ao todo, são dez os integrantes da seleção que disputou o Mundial.

Veja mais: Oscar sente lesão antes de jogo do Chelsea e pode desfalcar Brasil em amistosos

Ele irá brigar por um lugar de titular na equipe com Filipe Luís, que recentemente trocou o Atlético de Madri (Espanha) pelo Chelsea (Inglaterra). Na passagem anterior de Dunga pela seleção, Marcelo nunca conseguiu impressionar o treinador e foi deixado de fora da equipe que disputou a Copa do Mundo da África do Sul, em 2010.

Além de Alex Sandro, outro problema médico que pode atrapalhar a reestreia de Dunga pela seleção brasileira é com o meia Oscar. Neste sábado, durante o aquecimento da partida de sua equipe contra o Everton, pelo Campeonato Inglês, ele sentiu dores no joelho direito e ficou de fora do jogo. 

Os Estados Unidos receberão os dois primeiros jogos da nova seleção brasileira, agora sob o comando de Dunga. O primeiro deles será nesta sexta-feira (5), diante da Colômbia, em Miami. Depois, o Brasil enfrentará o Equador, no dia 9, em Nova Jérsei.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.