Equipe pernambucana ultrapassa a Ponte caso consiga a vitória no Moisés Lucarelli, a quarta de Dado Cavalcanti no comando

O Náutico emplacou uma reação na Série B do Campeonato Brasileiro e tem a missão de manter o embalo neste sábado, quando enfrentará a Ponte Preta, às 16h10, no estádio Moisés Lucarelli.

O jogo marcará o reencontro do técnico Dado Cavalcanti com a equipe de Campinas. O treinador dirigiu a equipe até julho, quando perdeu o posto. Agora, o técnico quer manter a boa fase no Náutico, pois dirigiu o time em três jogos desde que chegou e venceu todos.

A sequência tirou o Náutico da parte de baixo da tabela e o fez sonhar com uma aproximação ao pelotão de frente. “Nosso time tem de correr mais que o adversário. Temos que botar na cabeça que só nos doando mais do que o adversário é que conseguiremos a vitória. Sair de lá com os três pontos vai ser muito importante”, afirmou o atacante Sassá.

Para a partida deste sábado, o clube pernambucano não poderá contar com Vinícius, suspenso. Como o argentino Cañete também está fora, com uma lesão na coxa direita, Vitor Michels deve assumir a vaga na equipe. Do outro lado, a Ponte Preta quer a reação no Brasileirão, depois de ter perdido para o América-MG na rodada passada do campeonato. Para conseguir se reerguer, o meia Roni pede atenção para evitar problemas contra o time de Dado Cavalcanti.

“Acho que temos de entrar muito atentos para este jogo. O Dado passou por aqui e está tendo um início vitorioso no Náutico. Ele vai compactar o time, jogando bem fechado, por atuar fora de casa. Temos que tomar cuidado, porque eles vão vir fortes”, declarou o meio-campista.

A Ponte Preta tem 28 pontos na Série B, na parte intermediária da tabela, e luta para não ser ultrapassada justamente pelo Náutico, que aparece com 27.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA X NÁUTICO

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 30 de agosto de 2014, sábado
Horário: 16h10 (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Jesmar Benedito Miranda de Paula e Leone Carvalho Rocha (ambos de GO)

PONTE PRETA: Roberto, Rodinei, Tiago Alves, Diego Sacoman e Bryan; Juninho, Fernando Bob e Adrianinho; Cafu, Roni e Rafael Costa
Técnico: Guto Ferreira

NÁUTICO: Júlio César; Rafael Cruz, Renato Chaves, Flávio e Raí; João Ananias, Paulinho e Vítor Michels; Sassá, Marinho e Tadeu
Técnico: Dado Cavalcanti

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.