Técnico atleticano terá os desfalques de Dátolo, Luan, Réver e Guilherme para o confronto diante do Coritiba, no domingo

O técnico Levir Culpi será forçado a fazer algumas mudanças no time do Atlético-MG , que enfrenta o Coritiba, neste domingo, no Couto Pereira. O treinador convive com problemas de suspensão e excesso de contundidos, por isso, o técnico altera algumas peças, mas Levir Culpi entende que será possível manter o mesmo padrão dos últimos jogos.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"Dá para manter, algumas peças mudam, mas os jogadores sabem o que devem fazer. Então, com essas substituições, pelas características de cada um, podemos perceber algumas coisas. E tem mais, não é o Atlético que pode jogar diferente, às vezes, o Coritiba pode fazer o Atlético jogar em outra situação. São muitas variantes dentro das partidas, mas nossa intenção é manter um padrão de jogo rápido como tivemos nas últimas partidas", declarou.

Levir Culpi esboça Atlético-MG com Marion e Douglas Santos entre titulares

No Coritiba, a quantidade de resultados ruins e posição na tabela forçaram a diretoria a mudar o comando técnico com a saída de Celso Roth para a entrada de Marquinhos Santos. Levir Culpi entende que a troca de treinador muda pouco o cenário da partida. Segundo ele, a chegada de um treinador não serve para alterar o astral de uma equipe.

"Acho que é um erro cultural nosso achar que uma sacudida ganha, e por incrível que pareça, algumas vezes dá certo. Mas são tantos técnicos que mudam que uma hora um time acerta, aí fica essa falsa impressão. Trocou técnico e ganhou uma partida, aí já está no caminho certo. Mas é cultural e o que os times pensam, mas penso mais na regularidade e na insistência de um projeto, do que nestas trocas constantes", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.