Após viver dias tensos, time carioca se recupera ao emplacar vitória tranquila no Maracanã, mas segue em quinto lugar

Fred comemora com Cícero o gol do Flu diante do Sport, no Maracanã
Buda Mendes/Getty Images
Fred comemora com Cícero o gol do Flu diante do Sport, no Maracanã

O Fluminense viveu dias tensos na semana que passou, mas conseguiu se recuperar neste domingo ao golear o Sport por 4 a 0 no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro . Fred marcou duas vezes. Cícero e Conca completaram o placar, que aumenta a série sem vitória do adversário como visitante, que dura desde 31 de maio.

Com o resultado, o Fluminense sobe para 29 pontos, mas termina a rodada na mesma quinta colocação. Já o Sport caiu para oitavo lugar, estacionado nos 25.

Na próxima rodada, o Fluminense desafia o Corinthians em duelo que pode valer um lugar no G4, em Itaquera, no domingo. Já o Sport recebe o Criciúma no Lacerdão no mesmo dia.

Confira imagens desta rodada do Brasileirão

O Jogo

Mesmo visitante no Maracanã, o Sport não se intimidou e foi para o jogo com uma proposta ousada. A equipe pernambucana começou a partida com mais iniciativa e exercendo pressão sobre o Fluminense, que vindo de derrotas no Brasileirão e Copa do Brasil, mostrava certo nervosismo em campo.

Até a metade da primeira etapa, o Sport teve mais posse de bola e se apresentou melhor, bem organizado e neutralizando o meio de campo adversário. Os comandados de Eduardo Baptista, entretanto, tinham dificuldade para conseguir chegar à meta adversária. Mesmo jogando em velocidade contra a lenta defesa do Flu, foram apenas duas finalizações sem perigo do Rubro-negro contra uma do Tricolor.

A grande chance do Sport veio aos 28 minutos, num chute de Felipe Azevedo que Klever defendeu, e no rebote Patrick acertou a trave.

O lance acordou o Flu, que respondeu três minutos depois com Rafael Sobis. O atacante recebeu de Conca e botou Magrão para trabalhar. No rebote, Cícero mandou para fora com perigo.

O castigo do Sport chegou para valer aos 34. Fred serviu Cícero e o volante, dentro da área, mandou para o fundo da rede, abrindo o placar no Maraca.

Com o gol, o Flu subiu de produção e passou a acertar mais suas ações ofensivas. Antes do intervalo, Cícero retribuiu e fez cruzamento na medida para Fred mergulhar de cabeça e ampliar: 2 a 0.

O segundo tempo começou com o Sport decidido a buscar o gol e a reação. A pressão inicial teve finalização de Wendel e escanteio pela direita que acabaram nas mãos de Klever.

Mas o ímpeto pernambucano durou pouco. Aos três minutos, Chiquinho cruzou e Fred cabeceou no travessão, mas foi anotado impedimento no lance.

Na sequência, o Flu recuperou a bola e teve falta marcada a seu favor na ponta esquerda. Conca surpreendeu ao cobrar direto para o gol, Patric tentou cortar e acabou atrapalhando Magrão: 3 a 0 Fluminense e uma ducha de água fria nas pretensões do Leão da Ilha.

A vantagem tranquila trouxe a paz com a torcida de volta e fez o Tricolor recuar a marcação e dar a iniciativa do jogo para o adversário. Mas jogando no contra-ataque contra uma defesa aberta, o Fluminense continuou a levar mais perigo.

Aos 26, Conca chutou com perigo e assustou Magrão, mas a bola foi pela linha de fundo rente ao poste. Aos 34, porém, Bruno cruzou da direita e achou Fred na pequena área. O atacante não perdoou e deu números finais ao duelo.

Cansado, Fred deu lugar a Walter. Na saída de campo, o artilheiro foi aplaudido pela torcida, ou ao menos pela grande maioria dela. Um pequeno grupo, porém, iniciou uma confusão com aqueles que apoiavam o jogador e obrigou a polícia a intervir.

FICHA TÉCNICA -  FLUMINENSE 4 x 0 SPORT
Local:
Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro-RJ
Data: 24 de agosto de 2014, domingo
Horário: 16h (Brasília)
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro(GO)
Assistentes: Alessandro A Rocha de Matos (BA-FIFA) e Guilherme Dias Camilo(MG)
Renda: R$ 227.210,00
Público: 11.631 pagantes (13.919 presentes)
Cartões Amarelos: Cícero (Fluminense)

Gols:
FLUMINENSE: Cícero, aos 34, Fred, aos 42 min do 1º tempo. Conca, aos 4 min, Fred, aos 34 min do 2º tempo

FLUMINENSE: Klever; Bruno, Elivelton, Henrique e Chiquinho; Valencia (Edson, Rafinha), Jean, Cícero e Conca; Rafael Sobis e Fred (Walter)
Técnico: Cristóvão Borges

SPORT: Magrão; Patric, Oswaldo, Durval e Renê; Wendel (Augusto), Rithely, Zé Mário (Diego Souza) e Ananias; Felipe Azevedo (Ibson) e Neto Baiano
Técnico: Eduardo Baptista

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.