Os rumores do abandono de Schweinsteiger surgiram a partir da saída dos compatriotas Philipp Lahm, Klose e Mertesacker

Bastian Schweinsteiger, meia da seleção alemã
Getty Images/Clive Rose
Bastian Schweinsteiger, meia da seleção alemã

Bastian Schweinsteiger negou nesta quinta-feira a aposentadoria da seleção germânica. Em entrevista ao jornal Bild , o meia desmentiu rumores de que deixaria a equipe nacional e garantiu que continua até a Eurocopa de 2016, que será realizado na França. O título europeu é o único que o atleta ainda não conquistou com a seleção.

"Ninguém tem razão para se preocupar. Até 2016 continuarei a serviço da seleção alemã", afirmou o atleta do Bayern de Munique, que atualmente se recupera de uma lesão no joelho esquerdo que o deixará afastado dos gramados por algumas semanas.

Os rumores do abandono de Schweinsteiger surgiram a partir da saída dos compatriotas Philipp Lahm, Miroslav Klose e Per Mertesacker, que anunciaram que não voltariam a defender a mannschaft, mas o meia fez questão de desmentir os boatos.

Schweinsteiger já defendeu a Alemanha em 108 partidas e marcou 23 gols. O jogador vestiu a camisa da seleção pela primeira vez em 2004 e foi u m dos pilares da Alemanha na conquista da Copa do Mundo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.