Técnico fez sua primeira partida em casa, mas ainda não conseguiu somar sua primeira vitória à frente do Bahia

Em sua primeira partida na Arena Fonte Nova, Gilson Kleina, técnico do Bahia, não conseguiu sair com a vitória do confronto contra o Criciúma nesta quarta-feira pelo Campeonato Brasileiro. Baianos e catarinenses empataram em 0 a 0 e continuam na parte baixa da tabela da competição.

Bahia e Criciúma ficaram apenas no 0 a 0 na Arena Fonte Nova
Felipe Oliveira/Getty Images
Bahia e Criciúma ficaram apenas no 0 a 0 na Arena Fonte Nova

O resultado deixou o Bahia com 15 pontos, ocupando a 18ª colocação do Campeonato Brasileiro, enquanto que o Criciúma é o 14º, com 17.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Bahia irá enfrentar o Atlético-PR, na Arena da Baixada, enquanto que o Criciúma recebe o Flamengo no Heriberto Hulse. Ambas as partidas serão realizadas no domingo.

O jogo

O primeiro susto da partida veio da equipe visitante, logo nos primeiros minutos do duelo. Após cobrança de falta de Wellington Bruno, Fábio Ferreira desviou e quase abriu o marcador para o Criciúma. O defensor Uelitton, do Bahia, colocou a cabeça na bola e botou ela para fora, evitando o tento dos catarinenses.

O Criciúma arriscou com João Vitor aos oito minutos. A bola veio complicada, já que Marcelo Lomba teve que defender em dois tempos. Com dificuldades para superar a defesa catarinense, a resposta baiana aconteceu no lance seguinte. Após escanteio, Kieza quase fez o gol após uma saída ruim do goleiro Luiz.

O Bahia passou a dominar a partida, mas não conseguia criar oportunidades, parando sempre na defesa do Criciúma. Apesar da retranca catarinense, o dono da casa teve boa chance com Kieza, que invadiu a área e foi travado por Fábio Ferreira na hora do chute.

Nos minutos finais do primeiro tempo, o Criciúma começou a arriscar mais e quase abriu o marcador. Silvinho recebeu no bico da grande área e chutou colocado, buscando o ângulo de Marcelo Lomba, mas a bola passou raspando o travessão do Bahia.

O segundo tempo teve uma ótima oportunidade para o Criciúma logo no primeiro minuto de disputa. Wellington Bruno lançou Silvinho na área e o atacante chutou à queima-roupa no goleiro Marcelo Lomba, que realizou uma ótima defesa.

O Bahia não conseguiu se impor em casa e não criou grandes oportunidades que levassem perigo ao goleiro Luiz. Já o Criciúma teve melhores chances, apesar de chegar menos ao gol dos baianos.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 0 X 0 CRICIÚMA

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 20 de agosto de 2014, quarta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antonio Zanotti (ambos do ES)
Cartões amarelos: Rhayner e Titi (Bahia); Giovanni, João Vitor, Rodrigo Souza, Bruno Cortez e Luiz (Criciúma)

BAHIA: Marcelo Lomba; Railan, Demerson, Titi, Guilherme Santos; Uelliton (Emanuel Biancucchi), Rafael Miranda, Léo Gago e Marcos Aurélio (William Barbio); Rhayner (Maxi Biancucchi) e Kieza
Técnico: Gilson Kleina

CRICIÚMA: Luiz; Eduardo, Fábio Ferreira, Gualberto e Giovanni (Maurinho); Serginho, Martinez (Rodrigo Souza), João Vitor, Wellington Bruno; Silvinho (Bruno Cortez) e Danilo Alves
Técnico: Wagner Lopes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.