Tamanho do texto

O time tem 26 pontos, mesmo número do Fluminense, que fica em quarto por levar vantagem nos critérios de desempate

A vitória no clássico contra o Palmeiras deixou o São Paulo muito perto de uma vaga na zona de classificação para a próxima Copa Libertadores. Em quinto lugar no Campeonato Brasileiro, Muricy Ramalho admite que o Cruzeiro aparece melhor na competição, mas se anima com a perseguição aos líderes.

Muricy Ramalho, técnico do São Paulo
SÃO PAULO/DIVULGAÇÃO/SITE OFICIAL
Muricy Ramalho, técnico do São Paulo

"O Cruzeiro tem o time mais regular e joga melhor no Brasileiro desde o ano passado. Por isso, acho que está no lugar certo, mas tudo pode acontecer. Estamos vendo resultados que não entendemos, mas é um equilíbrio. O São Paulo está no bolo e, se ganha dois ou três jogos, vai para cima. É um time que tem história, camisa e bons jogadores", declarou.

O São Paulo tem 26 pontos no Brasileirão, mesmo número do Fluminense, que fica em quarto por levar vantagem nos critérios de desempate. Já a liderança pertence ao Cruzeiro, que aparece com 33.

A vitória sobre o Palmeiras fez o goleiro Rogério Ceni também valorizar a proximidade ao pelotão de frente. No entanto, o capitão advertiu que ainda não é o momento de pensar em troféu na competição.

"Não adianta pensarmos em título enquanto estivermos a sete pontos do líder, mas ao menos não deixamos o grupo da frente", afirmou o goleiro, destacando a importância de buscar um triunfo na próxima rodada, contra o Internacional, que é o vice-líder, com 31 pontos.

"Estamos a cinco pontos deles e vamos jogar fora, mas temos de jogar pela vitória lá", acrescentou o goleiro. O duelo com o Colorado será disputado em Porto Alegre.

Muricy crê em volta de Luis Fabiano aos treinos físicos nesta semana

O técnico Muricy Ramalho tem muita cautela com Luis Fabiano, mas espera ver o atacante novamente nos treinos físicos a partir desta semana. Sem contar com o atleta desde a paralisação para a Copa do Mundo, o treinador prefere ainda não estipular uma partida para o retorno do jogador.

"Acho que ele voltará a treinar esta semana fisicamente, pouco a pouco, porque até agora vinha fazendo reforço muscular e não queremos que tenha uma recaída de novo", afirmou o técnico, depois da vitória são-paulina sobre o Palmeiras, no domingo.

Luis Fabiano sofreu uma lesão na coxa direita durante a intertemporada do São Paulo nos Estados Unidos. Depois disso, o atacante tinha a esperança de voltar ao time diante da Chapecoense, mas sentiu um novo problema na mesma coxa e acabou vetado.

Há duas semanas, Luis Fabiano reiniciou os trabalhos físicos no gramado, mas um incômodo na coxa o impediu de dar sequência, voltando ao tratamento. Enquanto o atacante tenta voltar logo aos gramados, Muricy está ajustando o São Paulo com um quarteto formado por Kaká, Ganso, Alan Kardec e Alexandre Pato.

Como ainda não sabe quando contará efetivamente com o camisa 9 novamente, o treinador prefere não falar em qual lugar encaixará o atacante. "Essa dor de cabeça só vou ter quando estiver com o jogador. Vou ficar quieto agora porque não o tenho ainda. Quando tiver essa dor de cabeça, eu tomo o remédio", completou.

O próximo compromisso do Tricolor no Brasileirão está agendado para quarta-feira, diante do Internacional, em Porto Alegre, mas Luis Fabiano ainda não deve estar à disposição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.