Tamanho do texto

Contratado após clube do Palestra Itália não atender sua pedida salarial, atacante marcou três gols em cinco jogos e virou titular absoluto de Muricy Ramalho

Alan Kardec já marcou três gols com a camisa do São Paulo no Brasileirão
FELIPE OLIVEIRA/ Agif/Gazeta Press
Alan Kardec já marcou três gols com a camisa do São Paulo no Brasileirão

Não é exagero dizer que Alan Kardec é o grande protagonista do clássico do próximo domingo entre Palmeiras e São Paulo . Atualmente no time do Morumbi, o atacante está recuperado de uma torção no tornozelo esquerdo e fará a primeira partida contra seu ex-clube, aquele que deixou em maio por não ter atendido pedido de aumento salarial. E o desempenho do camisa 14 em seus primeiros jogos pela equipe tricolor mostra que os palmeirenses têm motivos para estarem arrependidos.

Leia:  Inimigos, Palmeiras e São Paulo tentam romper também com má fase

Kardec já marcou três gols em cinco partidas e é o artilheiro do São Paulo no Brasileirão após a Copa. No início pelo Palmeiras foram quatro durante a Série B de 2013, mas as estatísticas mostram um jogador muito mais participativo agora do que no ano passado: o camisa 14 finaliza mais, passa mais, dribla mais e até desarma mais. O resultado: virou titular absoluto de Muricy Ramalho.

A mudança de clube aconteceu depois que o atacante, que ganhava R$ 160 mil mensais no Palestra Itália, pediu aumento para R$ 230 mil para renovar seu contrato. A proposta de Paulo Nobre que chegou foi de R$ 215 mil. Já a diretoria são-paulina ofereceu R$ 350 mil e ficou com o atleta após pagar 5,5 milhões de euros (cerca de R$ 16,5 mi) ao Benfica, que detinha seus direitos econômicos.

O próprio presidente Carlos Miguel Aidar admitiu que os são-paulinos fizeram uma "aposta arriscada". Já Muricy afirmou que não acredita em sentimento de vingança por parte do camisa 14 contra o ex-clube.

"Ele (Kardec) é um cara diferenciado. O cara que é diferenciado não tem vingança. Ele entende as situações, que não deu certo um contrato. Eles (Palmeiras) estavam querendo muito que ele ficasse, mas não deu certo e ele acabou saindo. E esse tipo de pessoa não tem esse sentimento ruim assim. O sentimento que ele tem é de jogar futebol, porque eu conheço ele desde o Santos e sei como ele é como pessoa", disse Muricy.

A participação de Alan Kardec no clássico deste domingo estava ameaçada por causa de uma contusão sofrida no último domingo. O atacante torceu o tornozelo esquerdo durante a comemoração de seu gol no triunfo sobre o Vitória. No entanto, o jogador treinou normalmente nesta sexta-feira e se mostrou pronto para atuar. O próprio Muricy, indiretamente, o confirmou.

"Tomara que dê tudo certo e dentro de campo ele faça um bom jogo", disse o técnico.

Se não alimenta sentimento de vingança, Kardec pelo menos mostrou muita vontade de enfrentar a ex-equipe. Questionado informalmente na última terça se teria condições físicas para entram em campo, o atleta respondeu "tem que dar".

Palmeiras e São Paulo medem forças às 16h do próximo domingo, no estádio do Pacaembu. O clássico será válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Alan Kardec x Alan Kardec

Primeiros adversários:
Palmeiras - Figueirense, Guaratinguetá, Icasa, Bragantino e São Caetano
São Paulo - Bahia, Chapecoense, Goiás, Criciúma e Vitória

Gols:
Palmeiras - 4
São Paulo - 3

Finalizações certas/erradas:
Palmeiras - 6/3
São Paulo - 5/6

Passes certos/errados:
Palmeiras - 53/10
São Paulo - 82/15

Desarmes:
Palmeiras - 1
São Paulo - 5

Dribles certos/errados:
Palmeiras - 4/1
São Paulo - 5/3

Faltas cometidas/recebidas:
Palmeiras - 5/8
São Paulo - 0/3

Impedimentos:
Palmeiras - 0
São Paulo - 2

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.