Tamanho do texto

Gilvan Tavares revelou também que Michel Bastos chegou a acertar com o clube mineiro, mas o atleta foi contratado pela equipe paulista

Gilvan Tavares, presidente do Cruzeiro
Vipcomm
Gilvan Tavares, presidente do Cruzeiro

O Cruzeiro divulgou nota lamentando as declarações do presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, que disse que o clube mineiro tem atrasado pagamentos. Em resposta ao dirigente paulista, o presidente celeste, Gilvan de Pinho Tavares, avisou que está rigorosamente em dia com salários de todos os jogadores e funcionários, ao contrário de alguns adversários.

O mandatário cruzeirense disse ainda que apesar de ter receitas menores que outros clubes, o Cruzeiro contrata bem porque tem competência. Sobre a compra dos direitos econômicos do zagueiro Manoel, Gilvan Tavares esclareceu que foi opção do jogador atuar pelo Cruzeiro, e que os três milhões de euros referentes ao jogador já foram pagos.

Gilvan Tavares também falou sobre a chegada do lateral esquerdo Michel Bastos ao São Paulo. Segundo ele, o atleta chegou a acertar contrato com o time da Toca da Raposa, mas depois de avaliar o elenco, a diretoria entendeu que não era necessária mais uma contratação.

Por fim, o dirigente cruzeirense revelou que o presidente do São Paulo tem tentado liderar um movimento para a formação de um novo Clube dos 13, e que o Cruzeiro tem sido firme em uma posição contrária.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.