Torcedores do próprio clube brigaram nas arquibancadas no jogo contra o Figueirense e prejudicaram o time, que também terá de arcar com uma multa de R$ 10 mil

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) condenou o Sport nesta sexta-feira como único responsável pela briga entre torcedores da própria equipe no Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC), no último dia 3, durante confronto entre o time pernambucano e o Figueirense, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com a condenação, o Sport foi punido com a perda de dois mandos de campo, além de multa de R$ 10 mil. Time da casa, o Figueirense também foi denunciado pela procuradoria do STJD, mas acabou absolvido pelo tribunal.

Dos três auditores presentes no julgamento, dois votaram a favor e um contra a punição. O Sport já confirmou que irá recorrer da decisão para tentar reduzir a pena. Durante a derrota de 3 a 0 para o Figueirense, membros da organizada do time pernambucano se desentenderam e protagonizaram cenas de agressão nas arquibancadas do estádio catarinense. Para o jurídico, o Leão não poderia tomar ações para impedir que o caso acontecesse.

O jogo deste domingo, às 18h30 (de Brasília), entre Sport e Atlético Paranaense, a ser realizado na Ilha do Retiro, pela 15ª rodada do Brasileirão, permanece sem alterações. A punição, caso não seja cassada, valerá somente a partir das rodadas seguintes em que o rubro-negro seja mandante. No dia 31, o clube recebe o Criciúma, e, no dia 10, o Santos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.