Mandato do presidente Roberto Dinamite não será prorrogado até a eleição presidencial, prevista para 11 de novembro

Uma longa reunião, que entrou pela madrugada desta quinta-feira, na sede do Vasco , definiu que o mandato do presidente Roberto Dinamite não será prorrogado até a eleição presidencial, prevista para 11 de novembro. A maioria dos conselheiros optou pela criação de uma comissão que vai ditar as regras no clube. O pleito estava marcado para a semana passada, mas acabou adiado por conta de supostas irregularidades envolvendo a inclusão de sócios em abril, em episódio que vem sendo chamado de "Mensalão Vascaíno".

Na reunião a primeira votação discutiu a prorrogação do mandato de Roberto. A proposta foi recusada por 113 a 103 votos. Em seguida se discutiu o modelo de gestão e se chegou ao consenso de uma comissão de quatro nomes. Por fim os nomes foram escolhidos: Silvio Godói, Eduardo Rebuz, Alcides Martins e Jorge Luis Moraes. Todos realizados profissionalmente e considerados figuras ilustres, porém, que já contam com a antipatia de algumas correntes. Isso porque os dois primeiros são apoiados por Eurico Miranda, principal nome da oposição e favorito ao pleito. Os outros dois defendidos por Roberto Monteiro, outro candidato. O fato gerou mal estar nas demais candidaturas.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias da Série B

Eduardo Rebuzi e Silvio Godói são beneméritos do Vasco. O primeiro é presidente do Sindicarga, enquanto que o segundo é advogado. Jorge Luis Morais, que foi conselheiro na atual gestão, é empresário e diretor da Fecomércio. Por fim, Alcides Martins, procurador da República, é sócio remido e também prestou consultoria na gestão de Roberto Dinamite.

Ainda na reunião foi lida uma carta de Olavo Monteiro de Carvalho, que pediu demissão do cargo de presidente da Assembleia Geral, que vinha organizando o processo eleitoral. O cargo seria extinto na reunião e Olavo encontrou uma maneira de sair por cima na situação, o que também gerou algumas fortes críticas por parte de Eurico.

A nova comissão assumirá o Vasco na quarta-feira da próxima semana e terá a missão de dirigir o clube até a eleição, resolvendo problemas financeiros e dando amparo ao departamento de futebol.

Dentro de campo, o elenco segue se preparando para a partida deste sábado, às 16h20(de Brasília), contra o Ceará, em São Januário, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Para este compromisso Adilson Batista espera contar com a volta do goleiro uruguaio Martin Silva, que não enfrentou o Náutico porque acompanhou sua filha, que está internada em um hospital da capital carioca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.