Tamanho do texto

No primeiro confronto, disputado em Alagoas, equipe da casa venceu por 3 a 2 e saiu na frente na disputa pela vaga

Após golear o Náutico no Clássico das Multidões, por 3 a 0, no último sábado, o Santa Cruz se prepara para enfrentar o Santa Rita-AL na partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil, e precisa da vitória.

No primeiro confronto, disputado em Alagoas, a equipe da casa bateu o Coral por 3 a 2, de virada, e saiu na frente na disputa pela vaga. Para se classificar, o Santa Cruz precisa de uma vitória simples no Arruda, nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília).

Qualquer resultado positivo para o Tricolor com mais de dois gols de vantagem garante a equipe pernambucana na próxima fase. O empate ou a derrota classificam o Santa Rita-AL. Caso a partida acabe em 3 a 2 para o Santa Cruz, a vaga será decidida nos pênaltis.

O técnico Sérgio Guedes deve manter a mesma equipe que venceu o Náutico pela Série B. O zagueiro Renato Silva, contratado e apresentado segunda-feira, não atua desde 2013 e deve ficar de fora, aprimorando a parte física.

"Acho que não sabíamos muito sobre a equipe adversária. Agora já conhecemos bem eles, sabemos os pontos fortes e fracos e acredito que será diferente", afirmou o volante Everton, deixando claro o que o Santa Cruz entende como fator decisivo para a derrota, em entrevista ao Diário de Pernambuco. O jogador completa: "Tivemos um resultado negativo, mas agora jogando em casa temos que agredir o adversário, pois nosso objetivo é passar de fase."

FICHA TÉCNICA
SANTA CRUZ-PE x SANTA RITA-AL

Local: Estádio do Arruda, Recife (PE)
Data: 13 de agosto de 2014, quarta-feira.
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Ítalo Medeiros de Azevedo (RN)
Assistente: Luís Carlos Câmara Bezerra (RN) e Ubiratan Bruno Viana (RN).

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Tony, Everton Sena, Marllon e Renato Lima; Sandro, Everton, Natan e Carlos Alberto; Léo Gamalho e Marcos.
Técnico: Sérgio Guedes.

SANTA RITA: Jeferson; Ede, Júnior, Selmo e Jeanderson; Crisiano, Lucas Pereira, Teko e Restinga; Reinaldo e Abuda;
Técnico: Eduardo Neto

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.