Tamanho do texto

Na partida de estreia de James Rodriguez, português assume protagonismo ao fazer os dois gols da vitória sobre o Sevilla

Cristiano Ronaldo celebra segundo gol na partida
Clive Rose/Getty Images
Cristiano Ronaldo celebra segundo gol na partida

Na decisão entre o campeão da Liga dos Campeões e o vencedor da Liga Europa deu a lógica. Estreando seu elenco galáctico, o Real Madrid não se deu conta do Sevilha nesta terça-feira e venceu por 2 a 0, com dois gols anotados por Cristiano Ronaldo e levantou o caneco da Supercopa da Europa.

Destaque para a nova forma física de Gareth Bale. Agora muito mais forte, o galês foi importantíssimo na metade ofensiva do time merengue. O colombiano James Rodríguez fez sua estreia, mas teve passagem discreta.

A partida de abertura da temporada europeia ficou marcada pelo amplo domínio dos madrilenos, que mostraram a força de seus investimentos. O meia alemão Tony Kroos usou e abusou dos passes em profundidade e tem grandes chances de manter-se na equipe titular. Essa foi a segunda vez que o Real Madrid venceu a Supercopa da Europa - a primeira foi em 2002, vice-campeão em 1998 e 2000.

O jogo

O Sevilha provou do próprio veneno no primeiro tempo de jogo em Cardiff City. Apostando nos contra-ataques e em uma defesa bem fechada para parar o brilhante elenco do Real Madrid, a equipe acabou sofrendo o com em um contragolpe merengue. Mais forte fisicamente, Gareth Bale foi o grande nome dos 45 minutos iniciais dos Blancos e guiou a equipe no meio-campo.

Logo aos 11 minutos, o galês arriscou de fora da área e a bola desviou em Carriço, levando muito perigo ao gol do recém-chegado Beto. Aos 18, recebeu lançamento do camisa 10 James Rodríguez e tentou abrir o placar em um chute meio torto de dentro da pequena área. Sem sucesso.

Se o gol estava difícil de sair, Bale resolveu então dar assistências e ajudar os companheiros a balançar as redes. Deu certo. Aos 29 minutos, Cristiano Ronaldo começou uma jogada pela direita, tocou para James Rodríguez e viu o colombiano entregar a redonda ao galês. O camisa 11 recebeu na esquerda, partiu em velocidade e lançou CR7 dentro da grande área. O português não perdoou e abriu o placar no País de Gales.

O Sevilha levou pouco perigo na etapa inicial e incomodou apenas em um erro de James, que tentou tirar uma bola de dentro da grande área com um chutão e obrigou Casillas a fazer uma defesa a queima-roupa no chute forte de Carriço. Sem Di María, a equipe merengue perdeu em força e explosão, mas ganhou na criação com o mais novo astro colombiano do elenco. Cristiano ainda teve a chance de fazer um gol em cobrança de falta na ponta esquerda. A bola levou muito perigo, porém, acabou saindo por cima do travessão.

O time do técnico Carlo Ancelotti voltou à etapa final com fome de gol. Principalmente o carrasco sevilhano Cristiano Ronaldo. Logo aos três minutos, Benzema fez belo lançamento ao português, que fuzilou Beto e marcou seu segundo gol na partida e o 18º no time do Sevilha em apenas 12 jogos.

Daí em diante, bastou administrar os gols marcados pelo camisa 7, já que o Sevilha não mostrou poderio ofensivo suficiente para mudar o placar do jogo. Com a boa atuação de Tony Kroos e Gareth Bale não foi difícil para o Real Madrid levantar a primeira taça da temporada 14/15.

FICHA TÉCNICA -  REAL MADRID 2 X 0 SEVILLA
Local:
Cardiff City Stadium, no País de Gales
Data: 12 de agosto de 2014, terça-feira
Horário: 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Mark Clattenburg, da Inglaterra
Assistentes: Simon Beck e Stuart Burt, ambos da Inglaterra
Cartões amarelos: Vitolo, Fernando Navarro (Sevilha), Carvajal e Tony Kroos (Real Madrid)

Gols: Cristiano Ronaldo (RM), aos 29 min do primeiro tempo e aos 3 min do segundo tempo

REAL MADRID: Casillas; Pepe, Ramos, Coentrão (Marcelo), Carvajal; Kroos, James Rodríguez (Isco), Bale; Modric (Illaramendi), Ronaldo, Benzema
Técnico: Carlo Ancelotti

SEVILLA: Beto; Fazio, Navarro, Pareja, Coke (Figueras); Krychowiak, Carriço, Suárez (Reyes), Vitolo, Parreu (Iago Aspas); Bacca
Técnico: Unai Emery

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.