Ex-advogado do Milan afirmou que ex-premiê italiano chegou relativamente perto de comprar a Inter no fim da década de 70

Silvio Berlusconi cogitou investir uma fortuna para comprar a Internazionale de Milão
AP
Silvio Berlusconi cogitou investir uma fortuna para comprar a Internazionale de Milão

O ex-advogado do Milan Vittorio Dotti faz uma revelação surpreendente em seu livro "Advogado do Diabo", em que narra o período que trabalhou com o ex-premiê italiano e proprietário do clube, Silvio Berlusconi. De acordo com Dotti, o dirigente cogitou investir seu dinheiro na Inter de Milão no final da década de 70.

"Berlusconi queria comprar a Inter de Milão, mas Fraizzoli (Ivanoe, então presidente da Inter) não deixou. Chegaram a sentar e se reunir, mas Ivanoe não fechou o acordo não por dinheiro, mas sim pelo aspecto afetivo. Ele gostava muito da Inter", diz Dotti.

A revelação fortalece a suspeita de que Berlusconi não é torcedor do Milan. Há alguns anos, o vice-presidente do clube, Adriano Galliani, disse que o ex-premiê italiano era torcedor da Juventus quando ambos se conheceram.

Os processos judiciais contra Silvio Berlusconi nos últimos tempos colocaram boa parte da torcida contra o dirigente, uma vez que o dinheiro perdido com a Justiça e danos à sua imagem reduziram os investimentos de Berlusconi no Milan, clube que nos últimos anos tem sofrido para montar uma equipe competitiva.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.