Tamanho do texto

Técnico lembra que Guilherme Andrade foi escolhido para marcar Neymar em 2012 e enaltece desempenho na Vila

Talvez o corintiano mais preocupado tenha coçado a cabeça ao ver Guilherme Andrade escalado na lateral-direita antes do clássico contra o Santos, no último domingo. Mas entre altos e baixos o jogador saiu de campo ileso, sem interferir no placar, que ao final mostrou o time do Parque São Jorge vencedor por 1 a 0.

Mano Menezes, técnico do Corinthians, elogia Guilherme Andrade
Luís Moura/Gazeta Press
Mano Menezes, técnico do Corinthians, elogia Guilherme Andrade

Eleito para marcar Robinho no clássico, Guilherme não conseguiu parar o rival, que foi considerado um dos melhores em campo. As primeiras movimentações após o intervalo marcaram o pior momento do lateral, quando ao ter domínio dentro da própria área entregou a bola a Robinho. O passe direcionado a Petros foi curto demais e deu chances para o atacante interceptar e chutar à direita do gol de Cássio, na melhor chance do Santos no jogo.

O vacilo assustou Mano Menezes, que tirou Guilherme Andrade logo em seguida para promover Ferrugem. Após o triunfo na Vila Belmiro, o técnico colocou panos quentes no equívoco e lembrou outra atuação de seu escolhido para argumentar a favor de seu lateral-direito reserva."O Guilherme Andrade errou um lance no jogo. Marcou bem e executou bem a função para a qual ele entrou no jogo desde o início", analisa o treinador. "Algum tempo atrás, ele foi escolhido para marcar o Neymar aqui na Vila. São treinadores diferentes, com estilos diferentes, mas escolhas iguais. Então isso tem algum fundamento", explica, referindo-se ao clássico disputado em 2012, no qual seu sucessor Tite também elegeu o lateral para conter o atacante rival mais perigoso.

Naquela ocasião, Guilherme viu Neymar dar duas assistências para contribuir ao triunfo santista por 3 a 2, mas nenhum dos lances foi em seu setor. Desta vez foi diferente, pois Robinho levou a melhor no confronto com o corintiano e por muito pouco não transformou essa vantagem em gols. De qualquer forma, o lateral volta ao banco de reservas às 21 horas (de Brasília) deste sábado, pois o titular Fagner volta de suspensão para encarar o Bahia pela 15ª rodada do Brasileirão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.